Aeroporto do Porto ainda está a menos de metade do nível de passageiros de 2019

Data:

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, que serve o Porto, o Norte do país e a Galiza, ainda transportou em 2021 menos de metade dos passageiros transportados em 2019, de acordo com os dados de 2021 divulgados pela Vinci.

Segundo a concessionária francesa que opera os aeroportos nacionais por via da ANA – Aeroportos de Portugal, o aeroporto do Porto transportou 5,842 milhões de passageiros em 2021, o que compara com os 13,105 milhões de 2019.

O valor do ano passado representa cerca de 44,5% do de 2019, o ano imediatamente anterior à pandemia de covid-19, o que significa que nem mais um ano completo como o de 2021 chegaria para atingir os níveis de 2019.

Ainda assim, face ao ano de 2020, o com maior impacto da pandemia, o aeroporto do Porto cresceu de 4,443 milhões de passageiros para 5,842, um aumento de 32%.

Quanto ao número de movimentos, no ano passado foi de 51.839, uma subida de 23% face aos 41.983 registados em 2020, mas bem abaixo dos 96.537 de 2019.

Os números de movimentos demonstram, porém, que um ano idêntico ao de 2021 serviria para o aeroporto Francisco Sá Carneiro superar os números do período pré-pandemia.

O aeroporto do Porto continua também a liderar, de forma destacada, o transporte de passageiros no noroeste da Península Ibérica, quando se comparam os números com os três terminais galegos (Santiago de Compostela, Corunha e Vigo), em Espanha.

Assim, em 2021 os três aeroportos galegos, juntos, transportaram 2,798 milhões de passageiros, segundo dados da operadora espanhola AENA, um valor que não chega a metade dos 5,842 que o terminal português transportou.

Individualmente, o aeroporto Rosalía de Castro, em Santiago de Compostela, transportou 1,653 milhões de passageiros, o da Corunha 595 mil e o aeroporto de Peinador, em Vigo, 549 mil passageiros.

Os números do ano passado seguem a tendência pré-pandemia, já que em 2019 o aeroporto do Porto também superava largamente os seus ‘vizinhos’ galegos.

No ano pré-pandemia, Santiago de Compostela, Corunha e Vigo registaram, em conjunto, 5,269 milhões de passageiros, também menos de metade dos 13,105 milhões registados pelo Sá Carneiro em 2019.

Em 2020, devido à pandemia, nenhum dos aeroportos galegos superou o milhão de passageiros, com Santiago de Compostela a transportar 935 mil, a Corunha 436 mil e Vigo 303 mil.

No seu conjunto, em 2020 os galegos transportaram 1,675 milhões de passageiros, também bem abaixo de metade dos 4,443 milhões registados no aeroporto do Norte de Portugal.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.