Fisco avisa contribuintes para e-mail fraudulento sobre reembolsos

Data:

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou para um ‘e-mail’ no qual que é dito aos contribuintes para seguirem um ‘link’ para receberem um alegado reembolso e avisa que o mesmo é falso, devendo ser apagado.

Num alerta de segurança publicado no Portal das Finanças, a AT precisa que as mensagens em causa “são falsas e devem ser ignoradas”, alertando para que o único objetivo destes ‘e-mails’ fraudulentos é “convencer o destinatário a aceder a páginas maliciosas carregando nos ‘links’ sugeridos”.

Nos ‘emails’ falsos que a AT afirma ter tomado conhecimento que estão a ser enviados a alguns contribuintes é-lhes dito para enviarem “o seu pedido de reembolsos de impostos para que” o possam “processar o mais rapidamente possível”, seguindo-se um ‘link’ malicioso onde se pede ao contribuinte para clicar.

“Em caso algum deverá efetuar essa operação” [abrir o ‘link’], alerta a AT.

Em 2021 foi detetado o envio de várias mensagens fraudulentas, levando a AT a emitir 11 alertas de segurança. Em 2020 tinham sido seis os alertas.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.