Aconteceu a 5 de janeiro

Data:

Principais acontecimentos registados no dia 5 de janeiro:

1769 – É patenteado o primeiro motor a vapor da Watt.

1875 – É inaugurada a Ópera de Paris, do arquiteto Charles Garnier.

1876 – Começa a construção da ponte ferroviária de D. Maria Pia, entre Porto e Vila Nova de Gaia.

1896 – O jornal austríaco Wiener Presse noticia a descoberta dos Raios X pelo físico alemão Willhelm Roentgen.

1891 – I Congresso do Partido Republicano Português.

1914 – Henry Ford, presidente da Ford Company, institui o primeiro ordenado mínimo nos EUA, no valor de 05 dólares por dia.

1919 – Constitui-se o Partido Nacional-socialistas Nazi da Alemanha.

1920 – Nasce o dramaturgo alemão Friedrich Duerrenmatt, autor de “Justiça”.

1935 – A Académica sagra-se vencedora do campeonato de Coimbra, uma competição que dá acesso à fase final do campeonato, onde estão as oito melhores equipas nacionais. Depois da vitória a uma bola no primeiro jogo, a Briosa empatou 1-1 (golo de Correia) com o União. Este é o primeiro jogo a ter transmissão radiofónica em Portugal, através de um posto amador. O autor do relato é António Madeira Machado, estudante de Direito.

1964 – Primeiro encontro entre líderes católicos e ortodoxos em cinco séculos. Paulo VI e o patriarca Benedito de Jerusalém encontram-se no Monte das Oliveiras.

1966 – É criada a Organização de Solidariedade para com os Povos da Ásia, África e América Latina.

1969 – A URSS lança a primeira sonda com destino a Vénus.

1977 – A imprensa francesa publica a Carta 77, documento da dissidência checa, na qual se destaca Vaclav Havel.

1984 – São definidas as regras para a abertura da banca à iniciativa privada em Portugal.

1990 – O Governo panamiano retira as honras, postos e cargos ao antigo presidente, general Noriega.

1993 – A guerra regressa a Angola, com a recusa dos resultados eleitorais por Jonas Savimbi, líder da UNITA.

2005 – O antigo ditador chileno Augusto Pinochet é colocado em prisão domiciliária.

2007 – Entra em vigor o novo regulamento sobre transportes de animais na União Europeia.

– Morre, com 95 anos, João Bacharel, militante do PCP, último sobrevivente da revolta armada de operários de 18 de janeiro de 1934, na Marinha Grande.

2008 – O alargamento do livro de reclamações a todos os fornecedores de bens ou prestadores de serviços, de caráter fixo, entra em vigor, adicionando novas áreas, como os notários privados, à lista dos estabelecimentos com livro de reclamações.

– O presidente georgiano Mikhail Saakachvili é reeleito com 53,47% dos sufrágios na primeira volta das presidenciais georgianas, consideradas fraudulentas pela oposição pró-russa, que exige uma segunda volta.

– Morre, aos 82 anos, o escritor e crítico literário Luiz Pacheco.

2011 – O italiano Gianluigi Buffon, da Juventus, é anunciado pela Federação Internacional da História e Estatísticas do Futebol como o melhor guarda-redes da primeira década do século XXI.

– A Estação de Monitorização de Ensaios Nucleares instalada em Ponta Delgada, Açores, é certificada pelo International Monitoring System Division, do Provisional Technical Secretarial, sedeado em Viena. Esta estação integra a rede internacional da Comissão Preparatória da Organização do Tratado de Proibição Total de Ensaios Nucleares.

– Morre, com 74 anos, o pintor moçambicano Malangatana.

2012 – Morre Pedro Osório, maestro e compositor, no Hospital de São Francisco Xavier. Tinha 72 anos.

– Morre, aos 91 anos, Isaac Díaz Pardo, intelectual galego.

2014 – Morre, aos 71 anos, o antigo futebolista Eusébio. O Governo decreta três dias de luto nacional.

– Morre Nelson Ned, cantor brasileiro intérprete de êxitos como “Tudo Passará”. Tinha 66 anos.

2015 – A equipa universitária portuguesa Seed ganha a competição da Mars One e o direito a enviar para Marte, em 2018, os primeiros seres vivos, neste caso sementes de plantas.

2016 – O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anuncia medidas executivas para controlar a venda de armas ao público, considerando-as urgentes para evitar as cerca de 30.000 mortes anuais provocadas por incidentes com armas de fogo.

– Morre Pierre Boulez, compositor e maestro francês. Tinha 90 anos.

2017 – O Banco BPI concretiza a venda de 2% do Banco de Fomento de Angola (BFA) à Unitel, passando a operadora angolana a controlar a instituição.

2018 – O primeiro-ministro, António Costa, assina um despacho para o pagamento das primeiras indemnizações aos familiares, herdeiros e demais titulares do direito de indemnização por morte das vítimas dos incêndios de junho e outubro de 2017.
A China anuncia um aumento das restrições no comércio com a Coreia do Norte, incluindo um limite no fornecimento de petróleo e proibição de importações de ferro e outras matérias-primas.

– Morre, aos 95 anos, Fernando Macedo Cabral, coronel e último dos comandantes de batalhão do general António Spínola na guerra da Guiné.

2019 – A Assembleia Nacional da Venezuela (onde a oposição detém a maioria) elege Juan Guaidó (35 anos, dirigente do partido Vontade Popular) como presidente deste órgão.

2020 – Os deputados parlamentares chavistas elegem Luis Parra como presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, perante o protesto do anterior líder, Juan Guaidó, impedido de entrar, durante horas, pela polícia.

– Morre, aos 84 anos, Hans Tilkowski, antigo guarda-redes internacional alemão.

2021 – Morre, aos 83 anos, João Cutileiro, escultor.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.