Concertos de James adiados para abril após dois casos de covid-19

Data:

JamesOs concertos dos britânicos James agendados para 12 e 13 de dezembro, no Porto e em Lisboa, foram cancelados e adiados para abril devido a casos positivos à covid-19 em elementos da banda e da produção, anunciou hoje a promotora.

Em comunicado, a PEV Entertainment disse que um membro da banda e outro da equipa de produção testaram positivo à covid-19, impossibilitando-os de viajar e atuar em Portugal nas datas inicialmente agendadas.

Por esse motivo, os concertos marcados para 12 e 13 de dezembro no Porto e em Lisboa, respetivamente, foram cancelados e reagendados para 21 e 22 de abril, sublinhou a produtora.

A 21 de abril, a banda britânica James atua no Pavilhão Rosa Mota, no Porto, e, no dia seguinte, no Campo Pequeno, em Lisboa, especificou.

Os bilhetes já adquiridos mantêm-se válidos para as novas datas, sem necessidade de troca, explicou a PEV Entertainment.

A promotora adiantou ainda que quem pretender o reembolso pode faze-lo, tendo 30 dias após o dia 13 de dezembro para pedir a devolução quer no caso da compra ter sido feito ‘online’, quer em lojas físicas.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.