MNE diz que consulado em Estrasburgo acompanha morte de dois portugueses em incêndio em França

Data:

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) confirmou a morte de dois portugueses em França, na sequência de um incêndio em 24 de dezembro, e garantiu que o consulado de Portugal em Estrasburgo está a acompanhar o caso.

“O Ministério dos Negócios Estrangeiros confirma e lamenta a morte de dois cidadãos nacionais num incêndio que deflagrou na sexta-feira, dia 24, num apartamento na cidade francesa de Villerupt”, afirmou o MNE, em resposta a questões colocadas pela Lusa ao gabinete da secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes.

Segundo o MNE, “o caso está a ser acompanhado pelo consulado geral de Portugal em Estrasburgo, que está em contacto com as autoridades francesas e com os familiares das vítimas”.

Mas, até ao momento, não foi solicitado apoio ao posto consular, revelou.

No domingo, o Jornal do Luxemburgo noticiou que um incêndio num edifício na noite de consoada tinha causado a morte de um casal português, Filipe Antunes, de 33 anos, e Ângela Silva, de 45, em em Villerupt, França.

Segundo o jornal, o fogo, combatido por mais de 50 bombeiros, começou no primeiro andar do prédio onde morava o casal português. Mas rapidamente as chamas se propagaram ao segundo andar, onde os dois portugueses foram encontrados já mortos, pelos bombeiros.

No incêndio, cujas causas ainda são desconhecidas, ficaram ainda feridos mais três moradores do prédio e um bombeiro, que foram hospitalizados.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.