Reposta espada na estátua de D. Afonso Henriques em Guimarães

Data:

A espada original da estátua de D. Afonso Henriques em Guimarães que foi vandalizada em outubro já foi reposta, depois de “necessários trabalhos de reparação”, anunciou hoje a autarquia.

Em comunicado enviado à Lusa, aquela Câmara do distrito de Braga refere que, “atendendo à recorrência de atos de vandalismo”, foi feita uma réplica para “caso seja necessário proceder a uma nova substituição temporária”.

No entanto, a autarquia apela à “salvaguarda do património como um dever de todos os cidadãos”.

A espada de escultura D. Afonso Henriques, da autoria de Soares dos Reis, foi partida em outubro.

Criada por António Soares dos Reis, figura de ‘proa’ das belas-artes portuguesas na segunda metade do século XIX, a escultura de D. Afonso Henriques foi inaugurada em 20 de outubro de 1887, encontrando-se junto ao Paço dos Duques desde 1940.

Em outubro, o Paço dos Duques de Bragança, tutelado pela Direção Regional de Cultura do Norte, revelou que aquela estátua tinha ficado sem espada, após ter sido “alvo de um ato de vandalismo”.

“Mais uma vez, a espada foi quebrada, tendo sido encontrado o fragmento no jardim junto à estátua”, referiu em comunicado publicado na rede social Facebook, acrescentando que “parte integral da espada” foi “retirada” da escultura, tendo sido “encaminhada para restauro”.

A espada já fora partida a 30 de agosto de 2014 e retirada de novo a 20 de fevereiro de 2020, tendo sido restaurada antes de reaparecer na escultura, a 9 de junho de 2020.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.