GNR mobiliza 200 militares por dia para garantir segurança do GP do Algarve

Data:

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai mobilizar, entre hoje e domingo, 200 militares, diariamente, para garantir a segurança do Grande Prémio do Algarve de MotoGP, impedindo o acesso ao autódromo algarvio a quem não for portador de ingresso.

“Os vários acessos ao autódromo vão ser condicionados ao trânsito a partir de hoje, não sendo permitido o acesso a pessoas sem bilhete válido e de veículos que não tenham um dístico de estacionamento, que deverá ser adquirido previamente”, anunciou hoje o responsável da Divisão de Comunicação e Relações Públicas da GNR.

Em conferência de imprensa para apresentação das principais medidas de segurança, realizada no hotel junto ao Autódromo do Algarve (AIA), o tenente-coronel João Fonseca disse que o dispositivo “será reforçado no domingo, para cerca de 243 militares, dia da corrida e em que é previsível um aumento do fluxo de pessoas”.

Para a operação de segurança vão ser mobilizadas equipas das unidades de trânsito, investigação criminal, intervenção, cinotécnica, territoriais, operações especiais e de inativação de engenhos explosivos.

“Este dispositivo atuará de forma preventiva e está preparado para todo o tipo de situações que possam pôr em causa a segurança do evento, acrescido da necessidade do cumprimento das normas estabelecidas pelo atual contexto da [pandemia de] covid-19”, apontou.

O trânsito automóvel vai estar condicionado na estrada principal de ligação ao autódromo desde a A22, no Nó da Mexilhoeira Grande, nas estradas entre as localidades de Odeáxere, Arão, Pereira e Folga, e entre Rasmalho, Casas Velhas, Moinho da Rocha e Montes de Cima.

A GNR prevê que os maiores condicionamentos de trânsito ocorram todos os dias entre as 07:00 e as 10:00, na sexta-feira e no sábado, entre as 16:30 e as 19:00, e no domingo, entre as 15:00 e as 18:00.

A GNR aconselha a que os residentes das localidades da Pereira, Monte de Cima e de outras zonas próximas do autódromo, bem como cidadãos com necessidade de passagem nestas localidades “utilizem trajetos alternativos”.

João Fonseca lembrou que, sendo a prova do Mundial de motociclismo de velocidade de grande relevo, são previsíveis constrangimentos na normal circulação do trânsito, devido ao elevado fluxo de pessoas e de viaturas “devendo as pessoas aceder atempadamente ao circuito”.

O responsável indicou que nas imediações junto ao autódromo não haverá estacionamento gratuito para veículos, devendo o estacionamento ser comprado antecipadamente através da página oficial na internet do autódromo.

“Não serão vendidos lugares de estacionamento no circuito, não devendo as pessoas deslocar-se para junto do circuito, não sendo permitido o acesso de carros sem o dístico de estacionamento pago e afixado no veículo”, advertiu.

Para quem não tiver estacionamento pago junto ao circuito, vão ser disponibilizados parques de estacionamento gratuitos nas cidades de Portimão e de Lagos, “existindo transporte gratuito para o autódromo, mediante a apresentação do bilhete para o evento”.

Segundo João Fonseca, a GNR vai também fiscalizar as entradas para o interior do recinto, cujo acesso só será possível a pessoas com “certificados de covid-19 e um documento de identificação válido para confirmação do titular do certificado, sendo também obrigatório o uso de máscara de proteção”.

“Apelamos à colaboração de todos para o cumprimento das regras de segurança que estão definidas, para que todos desfrutem de um dia que se pretende que seja de festa”, avançou.

De acordo com a organização, são esperadas cerca de 50 mil pessoas em cada um dos três dias do Grande Prémio de Portugal de MotoGP, 17.ª e penúltima prova da temporada, que se disputa no Autódromo Internacional do Algarve entre sexta-feira e domingo.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.