“Douro + Sustentável” destaca projetos de sucesso

Data:

Realizou-se no dia 28 de novembro, no Hotel Six Senses Douro Valley, em Lamego, o encerramento das comemorações dos 265 anos da Região Demarcada do Douro (RDD), através de um almoço vínico onde foram atribuídas as distinções “Douro + Sustentável”, que visam destacar projetos de sucesso nas áreas do enoturismo, da vitivinicultura e da enologia.

A entrega destas distinções, pelo Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP), surge pela importância acrescida que estes projetos de inovação assumem no enriquecimento e promoção do património vinícola do Douro Vinhateiro.

O Secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Rui Martinho, teve oportunidade de referir que “perante projetos que se destacaram na preservação e promoção da vitalidade e sustentabilidade do território duriense, congratulo todo o setor por se ter adaptado e reinventado para, mesmo nestes tempos desafiantes, continuar a crescer, a chegar aos consumidores e a preservar este património que tanto nos orgulha. E é com o objetivo de apoiar o setor que serão lançadas, até ao final do mês, novas medidas de apoio: a medida VITIS – Campanha 2022-2023, com uma dotação de 50 milhões de euros, e a medida Destilação – Campanha 2021-2022, com uma dotação de 3 milhões de euros. Já até ao final do ano, abrirá a medida de Apoio à Promoção de Vinhos em Mercados Terceiros, com uma dotação de 6 milhões de euros.”

A enóloga Joana Pinhão, uma das faces da nova geração de enólogos que alia a ciência ao conhecimento das tradições durienses em vias de esquecimento, foi a distinguida na categoria Enologia.

A distinção “Douro + Sustentável” Viticultura foi partilhada entre a Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense (ADVID) e a Associação Portuguesa para a Diversidade da Videira (PORVID) pelos projetos científicos pioneiros de identificação e conservação das castas.

No campo do Ênoturismo a Quinta da Casa Amarela foi premiada pelo seu caso de sucesso de divulgação do território através da oferta turística, mantendo a raiz acolhedora de uma casa duriense, partilhando a sua história e promovendo o património.

A categoria de Revelação distinguiu a Paulo Coutinho Wines, pela construção de uma nova marca inovadora, destacando-se como proposta valorizadora da RDD e dos seus produtos.

A grande novidade deste ano foi o concerto online de Miguel Araújo, nas redes sociais do IVDP. O artista criou uma prova especial da sua música, com um concerto intimista para assinalar o dia. Para o presidente do IVDP, Gilberto Igrejas, “este concerto é um tributo a uma região única no mundo, que produz um vinho único no mundo, e que nos aproxima de um património mundial de valor incalculável”.

A programação do aniversário da RDD iniciou-se a 10 de setembro, com o Port Wine Day e contou ainda com a internacionalização das comemorações com a realização de provas comentadas de Vinho do Porto online, com a participação de mais de 220 especialistas de diferentes pontos do globo.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.