} Ainda não há indícios que variante Ómicron provoque casos mais graves - Mundo Português