Vinhos Borges conquistam quatro medalhas de Ouro em concurso internacional

Data:

Os néctares da Sociedade dos Vinhos Borges foram premiados com quatro medalhas de ouro na edição de verão do Berliner Wine Trohpy 2021, um dos mais importantes concursos de vinhos do mundo.

Avaliados por um painel internacional de provadores, os vinhos do Douro distinguidos foram Borges Quinta da Soalheira Douro Tinto 2018 e Borges Porto LBV 2016. Mas a região do Dão também ganhou destaque com os vinhos Borges Reserva Dão Tinto 2015 e Borges Touriga Nacional Dão Tinto 2017.

“Todas as distinções e prémios que recebemos são fruto de muito trabalho, dedicação e paixão pelo vinho. É um orgulho ver a história da Borges a crescer e a ganhar notoriedade e reconhecimento além-fronteiras. São estes destaques que vêm comprovar o valor e a excelência dos Vinhos Borges e que nos motivam a querer fazer mais e melhor”, refere Ana Montenegro, Gestora de Comunicação e Relações Públicas da Sociedade dos Vinhos Borges, em comunicado enviado ao Mundo Português..

A Sociedade dos Vinhos Borges, no mercado desde 1884, está presente em mais de 60 mercados distintos.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.