Seis detidos, droga e armas de fogo apreendidas em operação ‘Scorpion’ da PSP

Data:

Seis detidos e apreensão de armas de fogo, armas brancas, automóveis, motas e cocaína é o resultado da operação ‘Scorpion’ que a PSP está a realizar em Lisboa, Setúbal e Faro, disse à Lusa uma fonte desta polícia.

“A esmagadora maioria das equipas já está a regressar às suas unidades de origem e os resultados apurados até ao momento estão contabilizados em seis detenções, a apreensão de seis armas de fogo, uma reprodução de arma de fogo, duas armas brancas e uma quantidade de cocaína que ainda não consigo dizer o peso total”, revelou o superintendente Pedro Moura, diretor do Departamento de Armas e Explosivos

Segundo o superintendente Pedro Moura, foram também apreendidos quatro automóveis, três motociclos, diversos computadores, telemóveis e dinheiro que ainda está a ser contabilizado.

“São os resultados operacionais, até ao momento, das 53 buscas domiciliárias e não domiciliárias que executámos em Lisboa, Setúbal e Faro e também dos cinco mandados de detenção fora de flagrante que tinham sido emitidos pela autoridade judiciária”, adiantou à Lusa.

A operação policial “Scorpion”, que envolveu cerca de 200 polícias desde as 05:00 de hoje, esteve a cargo do Departamento de Armas e Explosivos da Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Segundo a PSP, foi “uma operação policial de grande envergadura”.

O superintendente Pedro Moura referiu que esta operação está integrada numa investigação que dura há mais de um ano e que segue uma linha de investigação que decorreu de um outro inquérito que a PSP e o Departamento de Armas e Explosivos desenvolveram relacionada com tráfico de armas proveniente da República da Eslováquia para Portugal.

“No ano passado também desenvolvemos uma operação policial que abriu na investigação outras linhas que autonomizámos e que investigámos e, pelo resultado das apreensões, as nossas suspeitas de investigação confirmaram-se e estão relacionadas com os crimes de detenção de arma proibida, tráfico de armas, tráfico de produtos estupefacientes e outras atividades criminosas que agora ainda vamos analisar e verificar toda a prova se se confirmam ou não”, adiantou o diretor do Departamento de Armas e Explosivos da PSP.

A investigação contou com a participação de efetivos policiais dos departamentos de Armas e Explosivos da Direção Nacional da PSP, de Investigação Criminal da PSP, do Comando Metropolitano de Lisboa, dos Comandos Distritais de Faro e Setúbal, da Unidade Especial de Polícia, através do Grupo de Operações Especiais e Corpo de Intervenção, e da Unidade de Intervenção da Guarda Nacional Republicana.

Fotografia de arquivo

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.