Procura do primeiro e novo emprego registou em agosto redução de 0,54%, nos Açores

Data:

O total de pessoas à procura do primeiro e novo emprego registou uma redução de 0,54% nos Açores, em agosto, face ao mês anterior, e uma variação homóloga negativa de 7,01%, segundo o executivo regional.

“Os dados estatísticos dão conta de uma redução de 0,54% nos inscritos à procura de primeiro e novo emprego em agosto, face ao mês anterior, e uma variação homóloga negativa de 7,01%”, refere-se numa nota de imprensa.

Segundo o Governo Regional, de coligação PSD/CDS-PP/PPM, em agosto estavam 6.462 pessoas inscritas no Centro de Qualificação e Emprego da região, sendo que, em igual período, foram satisfeitas 194 ofertas de emprego, que resultaram na colocação de 234 pessoas no mercado de trabalho.

A maioria dos desempregados (74,70%) é identificada nas atividades do setor dos serviços e correspondem a 96,46% da totalidade dos desempregados inscritos.

Por ilhas, São Miguel registava 66,33% do total dos desempregados nos Açores, a ilha Terceira 20,21%, o Pico 4,67% e a ilha do Faial 3,08%.

Por concelhos, Ponta Delgada, Ribeira Grande e Angra do Heroísmo representavam 61,48% da totalidade dos desempregados registados na região, sendo que em agosto estavam 4.312 ocupados a desenvolverem projetos socioprofissionais.

Em medidas de promoção do emprego jovem, registavam-se 2.552 jovens, com destaque para o Estagiar L e T, enquanto em formação estavam 348 açorianos.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.