Desconfinamento avança em 1 de outubro mesmo sem 85% de vacinação completa

Data:

A próxima fase do processo de desconfinamento anunciada pelo governo vai avançar no dia 1 de outubro, mesmo que ainda não tenha sido oficialmente atingida a meta de 85% da população com a vacinação completa contra a covid-19.

A garantia foi hoje dada pela ministra da Saúde, Marta Temido, que admitiu alguma lentidão do plano de vacinação nesta reta final, apesar de salientar que a atual taxa de cobertura vacinal da população, que se cifra em 84,03%, não é impeditiva da continuidade do processo decidido no último Conselho de Ministros.

“Por uma questão de previsibilidade, e estando nós muito perto dos 85 por cento, iríamos dar nota das regras que todos vamos passar a cumprir a partir de 01 (de outubro) e planear a sua adoção a partir do dia 01. Sabemos que atingir os 85 por cento poderá acontecer alguns dias depois, poderá ainda acontecer nas vésperas do dia 01 de outubro, mas o mais importante é que esta é uma data a partir da qual mudamos algumas regras”, frisou.

Questionada pelos jornalistas à saída de uma reunião na sede da ‘task force’, no Comando Conjunto das Operações Militares, em Oeiras, a governante vincou que “esta parte final era a mais difícil de atingir” e que tem havido “circunstâncias exógenas” a ditar “alguma resistência nestes últimos dias” na campanha de vacinação.

“Se não for no dia 01 de outubro será na primeira semana de outubro. O que é importante é que, de facto, mesmo quando atingirmos os 85%, não desistirmos de continuar a vacinar e com isso podem contar connosco para continuar a fazer”, reiterou, no dia em que o coordenador da ‘task force’, o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, oficializou o fim da sua missão à frente da planificação da logística de vacinação no contexto da pandemia.

O processo segue agora para uma fase de transição em que se irão sobrepor a vacinação da gripe e a administração da eventual terceira dose da vacina contra a covid-19. Esta fase estará sob alçada de um núcleo de coordenação liderado pelo coronel Penha Gonçalves – com uma equipa mais reduzida, de outros sete elementos dos três ramos das Forças Armadas -, em articulação com a Direção-Geral da Saúde e Ministério da Saúde.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.995 pessoas e foram contabilizados 1.067.175 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.