Patrícia Mamona e Pedro Pichardo nomeados para atleta europeu do ano

Data:

O campeão olímpico do triplo salto Pedro Pichardo e a vice-campeã olímpica da mesma disciplina Patrícia Mamona estão entre os nomeados para atleta europeu do ano, anunciou hoje a Associação Europeia de Atletismo.

Através da rede social Twitter, a ‘European Athletics’ deu conta das nomeações, destacando a medalha de prata em Tóquio2020, além do título europeu ‘indoor’ e a segunda melhor marca mundial do ano de Patrícia Mamona.

A portuguesa concorre ao prémio feminino contra várias campeãs olímpicas, como a holandesa Sifan Hassan, bicampeã olímpica (5.000 e 10.000 metros), a belga Nafissatou Thiam ou a alemã Malaika Mihambo, entre outras.

No masculino, Pichardo será um dos favoritos à vitória no galardão, com a associação a destacar o título olímpico, o primeiro para Portugal desde Nelson Évora em Pequim2008.

Outros resultados de monta do saltador português em 2021 surgem na publicação, como a vitória na Liga Diamante, o título europeu ‘indoor’ e os 17,98 metros que constituem a melhor marca mundial do ano.

Na lista estão outros campeões em Tóquio2020, como os noruegueses Jakob Ingebritsen e Karsten Warholm, os suecos Daniel Stahl e Armand Duplantis, o italiano Marcell Jacobs, o polaco Dawid Tomala ou o grego Miltiadis Tentoglou.

A votação encerra em 3 de outubro.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.