Inundações em habitações nas Sete Cidades, Açores, sem registo de vítimas

Data:

A chuva forte de hoje na ilha de São Miguel, nos Açores, originou inundações em habitações na freguesia das Sete Cidades, concelho de Ponta Delgada, e a Proteção Civil pede às populações que evitem a circulação automóvel.

Fonte da Proteção Civil dos Açores disse à agência Lusa que, “em consequência da precipitação forte” há o registo “de casas inundadas”, embora sem contabilizar quantas, na freguesia das Sete Cidades, “apenas com danos materiais”.

A Proteção Civil açoriana pede às populações que evitem a circulação automóvel entre as freguesias dos Mosteiros e Sete Cidades, onde estão “a decorrer trabalhos de limpeza das vias”.

A chuva forte na ilha de São Miguel arrastou quatro viaturas, na zona da Praia, nos Mosteiros, havendo apenas “o registo de danos materiais”.

De acordo com a Proteção Civil dos Açores, “a chuva intensa terá provocado o transbordo de uma ribeira que, por consequência, terá originado também algumas inundações” na freguesia dos Mosteiros, concelho de Ponta Delgada.

O grupo oriental dos Açores, composto pelas ilhas de São Miguel e Santa Maria, está sob aviso amarelo até às 15:00 de hoje, devido às previsões de chuva por vezes forte, assim como o grupo central (Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial), segundo um aviso meteorológico emitido pelo Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA).

O aviso amarelo é o terceiro mais grave da escala.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.