Novo exame para doentes com cancro da mama em Vila Real evita viagens ao Porto

Data:

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto DouroO Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) dispõe de um novo exame para doentes com cancro da mama que evita deslocações ao Porto e diminui tempos de espera para cirurgia.

O CHTMAD referiu, em comunicado, que os serviços de cirurgia e imagiologia, da unidade de Vila Real, passaram a contar, desde julho, com um novo equipamento que permite a marcação do gânglio sentinela.

“Este novo equipamento tem como objetivo dotar o centro hospitalar de um recurso importante no que diz respeito à avaliação e definição do diagnóstico clínico em doentes com cancro da mama” explicou.

Para além disso, acrescentou o centro hospitalar, “aumenta o conforto e acessibilidade aos cuidados de saúde, uma vez que deixa de ser necessária a deslocação ao Porto, no dia da cirurgia, para realizar este exame, numa estimativa de cerca de 150 doentes por ano”.

Outra vantagem, segundo o CHTMAD, é “uma maior flexibilização e rentabilização em termos de agendamento semanal destas intervenções, diminuindo os tempos de espera para a cirurgia”.

“A aposta neste equipamento constitui, também, um contributo importante para a atividade de outras especialidades, proporcionando uma contínua prestação de cuidados de saúde de qualidade à população que servimos e o reforço da política de proximidade”, afirmou ainda o CHTMAD.

O centro hospitalar tem sede social em Vila Real e agrega os hospitais de Chaves e Lamego.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.