Festa do Avante! com lotação máxima de 40 mil visitantes, mais sete mil que em 2020

Data:

A lotação máxima para Festa do Avante! aumentou este ano para 40.000 e a Direção-Geral da Saúde (DGS) “recomenda fortemente” a apresentação de certificado de vacinação ou teste negativo, segundo o plano de contingência divulgado hoje.

“A lotação máxima no recinto da Festa do Avante! licenciada em anos anteriores para 100.000 visitantes (e apenas considerando a área da Quinta da Atalaia) é atualizada este ano para a lotação de 40.000”, explicita o plano de contingência para a rentrée do PCP, um aumento de 7.000 da lotação face aos 33.000 permitidos pela DGS há um ano.

De acordo com o documento, que não estipula obrigatoriedade, a Direção-Geral da Saúde “recomenda fortemente que todos os participantes no evento, independentemente do seu papel no mesmo, devam aceder ao recinto mediante apresentação” de um certificado de vacinação contra a covid-19 “aquando da validação do bilhete de ingresso e/ou com a prova de teste para SARS-CoV-2 negativo”.

O PCP “dá seguimento à recomendação da DGS para que os visitantes sejam portadores de comprovativo de vacinação, de recuperação de doença e/ou teste negativo” e disponibiliza junto da entrada da Quinta do Cabo uma área onde será possível “a realização de teste rápido, para quem necessitar, em colaboração com entidade certificada, bem como para a realização de autotestes”.

“A responsabilidade da realização do teste cabe a cada visitante e a organização recomenda que o possa fazer previamente”, indica o PCP, na nota.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.