Combate ao fogo nos concelhos de Odemira e Monchique a evoluir favoravelmente

Data:

O combate ao incêndio que deflagrou no concelho de Odemira, Beja, e entrou na zona de Monchique, no Algarve, estava às 07:30 a evoluir favoravelmente, tendo sido dominado um dos cinco setores do fogo, o localizado em Odemira.

Em declarações à agência Lusa cerca das 07:30, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja explicou que o incêndio está dividido em cinco setores, um dos quais, o do flanco esquerdo, foi dominado, outro está em vigilância, e nos restantes o fogo “parece estar a ceder” aos meios de combate.

“Por isso, agora de manhã vão ser reposicionados os meios de combate no terreno de forma a aumentar a eficácia do combate e criação de acessos em algumas zonas onda não havia acesso ao fogo com uso de máquinas de rasto”, explicou.

O reposicionamento dos meios, segundo a fonte, visa dominar o perímetro do incêndio para que não se desenvolva mais ou se propague.

De acordo com a fonte, o incêndio não alastrou ao concelho de Silves, mantendo-se em Odemira e no concelho de Monchique.

“Não houve necessidade ao longo da noite de retirar mais pessoas ou evacuar localidades, não há casas em risco, nem feridos a registar”, disse.

Às 07:30, o incêndio mobilizava 674 operacionais, com o apoio de 234 veículos e um meio aéreo.

O comandante Pedro Araújo, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), tinha dito anteriormente à Lusa, cerca das 06:00, que o fogo estava a começar “a ceder ao combate”.

Horas antes, a mesma fonte tinha adiantado à Lusa que o incêndio, que “continua por dominar e a evoluir em duas frentes”, poderia vir a alastrar ao concelho de Silves, no distrito de Faro, depois de já ter passado para a zona de Monchique e obrigado a retirar 17 pessoas nos três concelhos.

As chamas já fizeram um ferido grave, um civil de 20 anos que sofreu queimaduras e foi transportado para o hospital, tendo ainda um bombeiro sido assistido no local, por ter sofrido uma entorse, disse anteriormente à Lusa fonte da ANEPC.

Os bombeiros receberam às 13:14 de quarta-feira o alerta para o fogo, que começou perto do lugar de João Martins, na freguesia de Sabóia, no concelho de Odemira.

Fotografia de arquivo

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.