Reino Unido vai vacinar apenas menores com problemas de saúde

Data:

O Governo britânico aceitou a recomendação para vacinar apenas menores com certos problemas de saúde no Reino Unido, onde se registaram 39.950 novos casos e 19 mortes de covid-19 nas últimas 24 horas.

O Comité Conjunto de Vacinação e Imunização [Joint Committee on Vaccination and Immunisation, JCVI] recomendou que crianças de 12 a 15 anos com deficiências neurológicas graves, síndrome de Down, com deficiências de aprendizagem múltiplas ou graves e imunodeficiências devam ser inoculados com a vacina Pfizer.

De acordo com as recomendações existentes, jovens de 16 a 17 anos com comorbidades de maior risco perante a covid-19 já tinham sido chamados para ser imunizados, mas o JCVI não aconselha a vacinação de menores de 18 anos fora destes grupos.

O ministro da Saúde, Sajid Javid, prometeu que o organismo vai continuar a analisar informação sobre a potencial vacinação de menores sem outras patologias específicas de saúde.

De acordo com o quadro de dados sobre a pandemia covid-19 atualizados esta segunda-feira, no domingo o Reino Unido tinha registado 48.161 novos casos e 25 mortes.

Nos últimos sete dias, entre 13 e 19 de julho, a média diária foi de 42 mortes e 46.024 casos, o que corresponde a uma subida de 48% no número de mortes e de 41,2% no número de infeções relativamente aos sete dias anteriores.

A média diária de pessoas hospitalizadas foi de 617 entre 07 e 13 de julho, um aumento de 39,5% face aos sete dias anteriores.

Na sexta-feira estava internados 4.094 pacientes, dos quais 573 com auxílio de ventilador.

Desde o início da pandemia, foram notificados 128.727 óbitos de covid-19 num total de 5.473.477 infeções confirmadas no Reino Unido.

Nas passadas 24 horas foram administradas 147.064 vacinas, tendo todos os adultos no Reino Unido sido chamados para serem imunizados.

Desde dezembro foram inoculadas 46.314.039 pessoas, o que corresponde a 87,9% da população adulta, e 36.099.727 milhões de pessoas, ou 68,5% da população adulta, já tem a vacinação completa.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.093.263 mortos em todo o mundo, entre mais de 190,3 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.215 pessoas e foram registados 932.540 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.