Segurança Rodoviária, PSP e GNR lançam campanha pelo uso de dispositivos de segurança

Data:

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), GNR e PSP realizam, a partir de quarta-feira, a campanha de segurança rodoviária “Cinto-me vivo” para alertar para a importância do uso dos dispositivos de segurança.

Num comunicado conjunto, a ANSR, Guarda Nacional Republicana (GNR) e Polícia de Segurança Pública (PSP) indicam que a campanha, que vai decorrer até 29 de junho, está inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2021 e visa alertar os condutores e todos os ocupantes dos veículos para a importância de utilizarem sempre os dispositivos de segurança.

As operações de fiscalização vão ser realizadas em especial nas vias e acessos com elevado fluxo rodoviário, de forma a contribuir para a diminuição do risco de ocorrência de acidentes e para a adoção de comportamentos mais seguros por parte dos condutores nomeadamente no que diz respeito ao cinto de segurança, sistemas de retenção de crianças e capacete.

A campanha vai integrar ações de sensibilização da ANSR que vão decorrer em simultâneo com operações de fiscalização.

As autoridades referem que na última campanha sobre este tema, realizada de 08 a 14 de setembro de 2020, as forças de segurança fiscalizaram 41.150 veículos, tendo registado 1.180 infrações relativas à não utilização dos dispositivos de segurança, o que correspondeu a uma taxa de infração de 2,87%, numa média de 169 infrações por dia.

“Estudos científicos demonstram que numa colisão a 50 km/h, uma pessoa sem cinto é projetada exercendo uma força de duas toneladas, podendo causar trauma grave nos ocupantes do veículo, em particular os da frente. Numa colisão frontal à mesma velocidade, uma criança pode sofrer lesões equivalentes a uma queda de um terceiro andar. Está igualmente comprovado que o uso do capacete devidamente apertado e ajustado reduz em 40% o risco de morte em caso de acidente”, alertam as autoridades.

Assim, ANSR, GNR e PSP lembram que o uso dos dispositivos de segurança é fundamental e apelam ao uso de cadeirinha homologada e adaptada ao tamanho e peso da criança, devidamente instalada, do cinto de segurança, em todos os lugares do veículo, e em todos os percursos, mesmo nos de curta distância e do capacete de modelo aprovado devidamente ajustado e apertado.

O Plano Nacional de Fiscalização, enquadrado no Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária (PENSE 2020), prevê a realização de campanhas de sensibilização em simultâneo com operações de fiscalização, em locais onde ocorrem regularmente infrações que representam um risco acrescido para a ocorrência de acidentes.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.