Mercado medieval de 15 de julho a 15 de agosto em formato “híbrido”

Data:

O Mercado Medieval de Óbidos vai regressar à vila , de 15 de julho a 15 de agosto, num evento de formato “híbrido”, devido às restrições imposta pela pandemia de covid-19.

O programa vai integrar visitas guiadas pelas ruas, percursos pedestres, conversas sobre a História de Óbidos na idade Média (num formato digital), cenografia de época, exposições, recriação histórica com oficinas, mesteres, acampamento e trajes, e diferentes espetáculos de música, teatro e fogo.

No dia 11 de julho, terá lugar o VIII Torneio de Tiro com Arco, uma prova de Arco e Besta organizada pela Associação de Recriação Histórica Ilustre Cruzada, em parceria com o município de Óbidos e a empresa municipal Óbidos Criativa, integrada no Campeonato Rota dos Castelos da FABP – Federação de Arqueiros e Besteiros Portuguesa.

Posteriormente terá lugar um treino de caça medieval pelas matas do concelho e repasto.

O Mercado Medieval abrange este ano diferentes áreas de atuação, desde a vertente histórico-educativa (com a apresentação de vestígios arqueológicos ou de uma curta história da Óbidos Medieval) até à imersão do público em experiências encenadas, percursos pelas florestas medievais e a recriação de música, do fogo e da dança, típicos dessa época.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.