Anjos em Hiroshima por Joaquim Vitorino

Data:

Pedro Arrupe nasceu em Bilbau a 14 de Novembro de 1907, na zona antiga daquela Cidade Basca.

Existe uma coincidência que me leva a acreditar que Pedro foi “Iluminado” para seguir, uma trajetória espiritual e humanista, é que nessa mesma localidade, nasceu 416 anos antes Santo Ignácio de Loyola, que foi o fundador da Companhia de Jesus.

Pedro foi predestinado a missões que se revelaram de elevado altruísmo humanitário, e ocupou diversos cargos na hierarquia Cristã, como o de SUPERIOR GERAL da COMPANHIA de JESUS (1965 a 1983), ano em que pediu a João Paulo II para ser substituído por motivo de um AVC sofrido em 1980.

A vida de Pedro Arrupe, foi marcada por inúmeros acontecimentos, onde se contam tragédias na sua família e amigos, a mais dolorosa de todas, foi ter perdido a sua mãe Dolores Gondra, quando tinha apenas 8 anos de idade.

Em 1923 inicia os estudos em Filosofia na Cidade de Burgos e a seguir Teologia e moral médica em Valkenburg na (Holanda), que lhe iria ser muito útil nos terríveis acontecimentos que lhes estavam reservados, e que descreverei a seguir.

No dia 25 de Janeiro de 1927, aquele que na minha opinião viria a ser o mais proeminente Missionário do Século XX, ingressou na Companhia de Jesus em Loyola, inicialmente não teve apoio de familiares e amigos, onde se incluía Juan Negrín López que viria a ser o futuro Presidente do Governo da República de Espanha em 1937/39, e Presidente no exílio até 1945. Mas nada o deteve porque a decisão estava definitivamente tomada: Pedro Arrupe queria ser Missionário.

Em Julho de 1936 parte para o Sul dos Estados Unidos, para continuar os estudos em Moral Médica, e deixa para trás o seu país a braços com uma terrível guerra civil (1936/38), que teve um saldo de um milhão e meio de mortos, ainda a europa estava mergulhada numa grande recessão, que teve o epicentro nos EUA em 1929, atravessando depois o Atlântico, para dar origem uns anos mais tarde à segunda Guerra Mundial.

Entretanto o ditador Franco já se instalara no poder, e concede a Pedro uma audiência em que este pede a liberdade dos amigos que estão detidos e também alerta Franco, para que tenha em atenção as condições miseráveis e sub-humanas, em que milhares de crianças órfãos da guerra Civil estão a viver na Cidade de Morelia.
Pedro regressa aos EUA e em 30 de Setembro de 1938, mas é convocado para uma missão de longa duração no Japão.

Embarca em Seattle, e desembarca no dia 15 de Outubro no Porto de Yokohama na baía de Tóquio, onde vai permanecer um ano e meio, até ser enviado para uma Paróquia em Yamaguchi.

O Japão vive dominado pelo fanatismo militar da guerra, e tudo o que é estrangeiro é suspeito. Pedro é preso por espionagem a 8 de Dezembro de 1941, e fica detido 33 dias passando o Natal na prisão, num gesto de solidariedade os amigos tentaram contata-lo, sabendo que tinha sido condenado injustamente.

Em Março de 1941 regressa a Nagatsuka, que dista a 6 quilómetros de Hiroshima com a missão de ir formar noviços, onde tem que enfrentar todas as privações da guerra.

Às 8h00 da manhã de 6 de Agosto de 1945, explode uma Bomba Atómica em Hiroshima. Pedro encontra-se em Nagatsuka, e depressa chega ao local da explosão. O que os seus olhos viram, nem a mente mais fértil consegue imaginar, com milhares de mortos e destruição total.

Bomba de Hiroshima
Bomba de Hiroshima

Hiroshima não constituía um alvo militar: era habitado por mulheres e crianças, porque à exceção de muito idosos, todos os homens válidos tinham partido para as frentes de batalha.

Os conhecimentos médicos de Pedro Arrupe, foram-lhe de grande utilidade naquela trágica emergência. Com o seu grupo de Noviços, começaram por queimar os mortos para evitar surtos epidémicos, e ajudar a morrer os vivos; porque foram poucos os que sobreviveram na área do impacto, que apanhou Hiroshima em cheio.

Pedro nunca mais seria o mesmo e agora, não poderá abandonar aqueles que mais do que nunca iriam precisar dele. Em 1958, é nomeado Primeiro Provincial da Missão Jesuíta no Japão.

De regresso à Europa, é reconhecidamente o Homem do momento: é recebido e condecorado, pelas mais Altas Entidades Eclesiásticas e Políticas.

Pedro assume a humildade que sempre o caracterizou; ninguém melhor do que ele sabe qual o valor, e o que representa um ser humano; e nunca poderá esquecer Hiroshima e também Nagasaki onde em 1962 mandou erigir um Monumento, em memória das vítimas da 2ª bomba Atómica lançada sobre o Japão, que levou aquele país à capitulação total.

Pedro passou longos anos da sua vida no Japão.

Pedro Arrupe nasceu em Bilbau a 14 de Novembro de 1907, na zona antiga daquela Cidade Basca.
Pedro Arrupe

Regressou a Roma, para receber das mãos de Paulo VI em Maio de 1965 o “Mantéu” de Superior-Geral da Companhia de Jesus, que foi fundada a 15 de Agosto de 1534 por Santo Ignácio de Loyola, uma coincidência ou talvez não?..

Ambos nasceram na mesma localidade, e o “Testemunho” é passado 400 anos depois: hoje “A Companhia de Jesus” é a maior Organização do Mundo Cristão.

Pedro Arrupe faleceu em Roma, Itália, a 5 de Fevereiro de 1991. Pela dedicação às causas que defendia, a experiência vivida em Hiroshima e Nagasaki, os altos Cargos que ocupou com grande humildade, não me deixam dúvidas que Pedro Arrupe foi, o Grande Missionário do Século XX.

Quando em trânsito para Tóquio passou por Lisboa, rezou ante a estátua de Marquês de Pombal, aquele que foi o principal responsável, pela expulsão de todos os Jesuítas de Portugal.

Pedro Arrupe deixou-nos a 5 de Fevereiro de 1991 com a sua Missão cumprida, algumas dúvidas e uma certeza: que este Mundo só será salvo por Alguém, que em nada se pareça com Ele.

A sua missão na Terra, marcou positivamente o Século em que viveu; aquele em que a conflitualidade entre os povos provocou mais vítimas, que toda a História no seu conjunto.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.