Consumo de combustíveis aumenta em março após cinco meses a descer

Data:

O consumo global de gasolina, gasóleo, ‘jet fuel’ e GPL aumentou 24% em março, uma subida de 95 quilotoneladas (kton) face a fevereiro, após descidas consecutivas nos últimos cinco meses, divulgou hoje a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

“As medidas de desconfinamento foram responsáveis pela inversão da trajetória no consumo de derivados do petróleo. Os consumos globais aumentaram 95 kton face a fevereiro”, apontou a ERSE, no Boletim dos Combustíveis e GPL relativo a março.

O aumento do consumo de combustíveis derivados de petróleo no mês de março verificou-se em todos os produtos, com especial impacto no consumo mensal de gasolina, combustível para aviação (‘jet fuel’) e gasóleo, que registaram aumentos de 17,29 kton, de 5,12 kton e 70,03 kton, respetivamente, face a fevereiro, o que corresponde a subidas de 36,3%, 28,2% e 24,0%.

Ainda assim, o consumo de combustíveis de petróleo em março foi 8,5% inferior (45,7 kton) ao período homólogo do ano passado, com decréscimos no consumo de ‘jet fuel’ (67,9%), de gás de petróleo liquefeito (GPL) (15%) e de gasolina (1,1%).

Em contraciclo o consumo de gasóleo aumentou 3,3%, em termos homólogos.

Relativamente aos preços praticados em março, o do gasóleo acompanhou a tendência do mercado internacional, registando um aumento de 3,3% face ao mês anterior, para 1,417 euros por litro.

Já o preço de venda ao público (PVP) médio da gasolina aumentou 4,3%, no mesmo período, para 1,598 euros por litro (gasolina simples 95).

Em março, o PVP médio do GPL Auto aumentou 4,1% face ao mês anterior, para 0,755 euros por litro.

De acordo com o regulador do setor energético, os hipermercados mantiveram as ofertas mais competitivas nos combustíveis rodoviários, seguidos pelos operadores ‘low cost’.

De acordo com os dados da ERSE, Braga, Aveiro, Viseu e Santarém registaram os preços de gasóleo e gasolina mais baixos, ao passo que Bragança, Beja, Lisboa, Portalegre e Faro foram os mais caros.

No que respeita à garrafa de GPL (butano e propano), Viana do Castelo, Bragança e Beja registaram, para Portugal Continental, o menor custo e Faro, Lisboa e Coimbra apresentam os preços mais elevados.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.