Albufeira iniciou hoje testagem massiva a residentes e turistas

Data:

A Câmara de Albufeira iniciou hoje uma operação de testagem gratuita para despiste da covid-19 a residentes e turistas para que o município possa avançar “de forma segura” para a terceira fase de desconfinamento, divulgou o município.

Em comunicado, a autarquia do distrito de Faro refere que o centro de testagem, instalado no parque de estacionamento em frente aos Paços do Concelho, irá funcionar diariamente entre as 09:00 e as 12:00 e entre as 17:00 e as 20:00.

Albufeira é um dos seis concelhos do país que não pôde avançar para a terceira fase de desconfinamento, iniciada em 19 de abril, mantendo-se na segunda fase devido à elevada incidência de casos de covid-19 por 100 mil habitantes a 14 dias.

O Algarve Biomedical Centre (ABC) irá realizar gratuitamente, por marcação prévia, os chamados testes rápidos (antigénio), no entanto, quem quiser, pode a “expensas próprias” fazer o teste PCR (teste molecular feito em laboratório, via nasal com recurso a zaragatoa).

Citado na nota, o presidente da Câmara de Albufeira, José Carlos Rolo, diz pretender que seja “identificada realmente a situação, para se poder avançar para a terceira fase do desconfinamento de forma segura e responsável”.

O autarca assegura que “está disposto a fazer tudo quanto esteja ao seu alcance” para que as restrições impostas a Albufeira se alterem” e diz esperar que a operação de testagem “venha a contribuir para esse objetivo”.

Assim, os serviços da autarquia irão manter o atendimento ‘online’ e o executivo “irá continuar a reunir esforços junto das forças policiais e entidades responsáveis para diminuir o número de casos positivos no concelho”.

A operação de testagem iniciada hoje “visa controlar o número de casos positivos existentes em Albufeira e proporcionar a despistagem de contágios comunitários, no sentido de evitar a propagação pandémica”, lê-se na nota.

“Termos um verão seguro, depende em parte de nós, logo, o contributo de cada qual é decisivo”, refere ainda o presidente daquele município, apelando ao cumprimento das orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os interessados em fazer o teste de despiste à covid-19 devem fazer a marcação através do número 964585486 (das 09:00 às 15;00) ou através do ‘site’ Albufeira Safe, em https://albufeirasafe.com/.

O município vai também “assumir a testagem aos atletas dos clubes e associações desportivas do concelho, assim como dos vários setores da atividade económica”, é ainda indicado na nota.

O plano de desconfinamento do Governo prevê quatro fases: três já implementadas, em 15 de março, 05 e 19 de abril – que abrangeu a generalidade do país, excetuando 10 concelhos -, estando a última prevista para 03 de maio.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.109.991 mortos no mundo, resultantes de mais de 147 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.965 pessoas dos 834.638 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.