} Ministro dos Negócios Estrangeiros admite responsabilidades do Governo no pico da crise - Mundo Português