Município da Lousã abre candidaturas a bolsas de estudo ao ensino superior

Data:

A Câmara Municipal da Lousã abriu já as candidaturas para a atribuição de bolsas de estudo ao ensino superior.
O apoio destina-se a alunos que residam no concelho há mais de dois anos e a estudar no ensino superior.
O impresso e regulamento da candidatura estão disponíveis nas Unidades de Juventude e de Ação Social, bem como na página de internet do Município em:
https://cm-lousa.pt/atividades-municipais/juventude/gabinetes-apoio-aos-jovens/bolsas-no-ensino-superior/
O executivo autárquico da Lousã informa que devido à situação pandémica, a candidatura, a entrega do impresso e documentos, deveram ser preferencialmente submetidos por meios digitais, nomeadamente através do e-mail geral@cm-lousa.pt 
Segundo o autarca lousanense, “estas bolsas inserem-se nas medidas de investimento na educação promovidas pela autarquia e a sua operacionalização era um objetivo claramente definido”. “A entrada em vigor desta medida faz todo o sentido nesta altura, nomeadamente devido às dificuldades adicionais criadas às famílias pela situação de pandemia que estamos a viver”, acrescenta  Luís Antunes.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.