Ribeira Grande investe num polivalente na escola das Calhetas

Data:

A Câmara da Ribeira Grande adjudicou a empreitada de construção de um edifício polivalente na escola básica e jardim de infância António Medeiros Frazão, na freguesia das Calhetas. Orçada em 60 mil euros, a obra vai “proporcionar novas condições para diversas atividades por parte da comunidade escolar”, referiu Alexandre Gaudêncio.
O presidente da Câmara da Ribeira Grande visitou a obra na companhia do vereador Carlos Anselmo e da presidente da junta de freguesia das Calhetas, Nélia Duarte, realçando a importância da construção de um espaço polivalente naquele estabelecimento de ensino. “Este novo espaço, construído no perímetro da escola, vai permitir novas condições para as aulas de educação física, por exemplo, mas também estará ao serviço das atividades culturais e recreativas da freguesia que há muito tempo também reivindicavam por um espaço deste género”, salientou.
Alexandre Gaudêncio realçou que “este executivo voltou a mostrar sensibilidade para saber ouvir as pessoas e colmatar as lacunas identificadas, avançando com uma empreitada que satisfaz uma reivindicação de vários anos das gentes das Calhetas.”

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.