Covid-19: Voo de repatriamento com 295 passageiros de Caracas chega hoje a Portugal

Data:

Um voo de repatriamento organizado pelas autoridades portuguesas chega hoje a Portugal com 295 passageiros oriundos de Caracas, dos quais 177 são portugueses e, destes, 83 têm como destino final a Madeira, segundo o governo regional madeirense.

Os restantes 118 passageiros têm como destino final países da Europa e da União Europeia (UE), como Espanha, França, Alemanha, Finlândia, Grécia e Reino Unido.

Estes cidadãos de outras nacionalidades seguem neste voo como retribuição das autoridades portuguesas pelos lugares cedidos a cidadãos portugueses em voos organizados por outros países da UE.

Segundo o Governo regional da Madeira, este voo começou na terça-feira, quando saiu do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, com destino a Caracas, levando a bordo 71 madeirenses que, desta forma, regressaram à Venezuela.

Os voos de repatriamento promovidos por Portugal já permitiram o regresso à Venezuela de 101 lusodescendentes da Madeira, adianta a mesma fonte.

Na Venezuela estão confirmados 93.100 casos de pacientes com a covid-19. Estão ainda confirmadas 810 mortes associadas ao novo coronavírus e 87.941 pessoas recuperaram da doença.

 

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.