Depressão Bárbara causou ontem mais de mil ocorrências em Portugal

Data:

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) contabilizou ontem 1016 ocorrências em Portugal continental, entre as 0h00 e as 23h47, devido à depressão Bárbara.
As ocorrências foram, maioritariamente, inundações de superfícies por causa da chuva intensa, assim como quedas de árvores e de estruturas causadas pelo vento forte.
À semelhança de segunda-feira, apesar dos danos, não há registo de vítimas.
Oito distritos estiveram sob aviso vermelho, com os mais afetados a serem Faro, com 238 ocorrências, e Setúbal, com 155, seguidos de Lisboa (154) e Portalegre (107).
Em Portalegre, a precipitação forte e persistente transformou, literalmente, ruas em rios, como aconteceu, por exemplo, em Cabeço de Vide. Em Sines verificou-se uma situação idêntica.
Na segunda-feira, a Proteção Civil contou 510 ocorrências até às 23h59.
A depressão Bárbara atravessou o continente português durante a tarde de terça-feira, com chuva intensa nos oito distritos e vento forte em todo o território nacional.
Quanto à agitação marítima, até quarta-feira será de sudoeste com dois a 3,5 metros em toda a costa, temporariamente entre quatro e 4,5 metros a sul do Cabo da Roca, passando a ser de noroeste durante quinta-feira.
Os efeitos previstos da passagem da depressão Bárbara por Portugal continental são precipitação forte, aumento da intensidade do vento com rajadas até 100 quilómetros por hora e até 130 quilómetros por hora nas terras altas e agitação marítima, em especial na costa da região Sul.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.