Açores cria plano para “reduzir dependência de frutas importadas”

Data:

O Governo dos Açores avançou com um plano regional de desenvolvimento da fruticultura do arquipélago que pretende “aproveitar o potencial” para a produção, de modo a “reduzir a dependência de frutas importadas”.
Citado em nota de imprensa, o secretário da Agricultura e Florestas, João Ponte, acrescenta que outro dos objetivos do plano é contribuir para o aumento das exportações e para a diversificação agrícola na região.
“Nos últimos cinco anos a fruticultura nos Açores cresceu 15%, mas a ambição do Governo dos Açores é, no futuro, ter mais área dedicada à fruticultura e mais produção”, declarou.
A nota frisa que o plano foi concebido para os próximos seis anos e abrange “todas as ilhas” do arquipélago, segundo vários eixos de atuação.
Entre esses eixos, estão a “formação aos mercados”, o “reforço da investigação e desenvolvimento”, a “organização de produção e apoios públicos”, que irão ser “materializados em 46 medidas concretas”.
O governante disse ser necessário “apostar cada vez mais no reforço formativo”, no “apoio técnico” e na investigação em “parceria com a Universidade dos Açores”, de modo a que o setor agrícola ganhe “escala e competitividade”.
“Com a aprovação, no último Conselho de Governo (Regional), deste plano regional de desenvolvimento da fruticultura firmou-se um compromisso político forte no sentido de reforçar o peso do setor e a diversificação agrícola nos Açores”, salientou João Ponte.
O plano regional foi apresentado hoje em Ponta Delgada, depois da aprovação pelo executivo no início da semana passada.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.