Sporting estreia-se na I Liga com triunfo, FC Porto, Benfica e Santa Clara venceram e continuam líderes

Data:

O Sporting estreou-se domingo na I Liga portuguesa de futebol com um triunfo em Paços de Ferreira por 2-0, em jogo da segunda jornada, enquanto Rio Ave e Vitória de Guimarães empataram e continuam sem vencer na prova. Num encontro marcado por várias ausências, devido a casos positivos de covid-19 em jogadores das duas equipas, o Sporting acabou por ser melhor durante a maior parte do tempo e dispôs das melhores oportunidades de golo, materializando a vitória com tentos de Jovane Cabral, aos 23 minutos, na transformação de um penálti, e Sebastian Coates, aos 63.

O Sporting jogou na Capital do Móvel no ‘intervalo’ de uma eliminatória europeia que pode valer o ‘passaporte’ para a fase de grupos da Liga Europa, mas o treinador Rúben Amorim, ainda em quarentena, não fez poupanças e repetiu o ‘onze’ que na quinta-feira venceu os escoceses do Aberdeen (1-0).

Em Vila do Conde, as duas equipas tiveram mais medo de perder a bola do que vontade de ganhar, embora o Vitória de Guimarães tivesse, mesmo assim, feito mais para chegar ao golo do que a equipa do Rio Ave, que pareceu sempre mais satisfeita com o empate.

Os vila-condenses tinham o ‘handicap’ de um jogo desgastante na última quinta-feira, na Turquia, frente ao Besiktas, que obrigou ao esforço suplementar de um prolongamento e marcação de penáltis, e voltam já a competir na luta pela Liga Europa na quinta-feira, frente ao AC Milan.

Um golo de Samuel Lino permitiu ao Gil Vicente estrear-se na I Liga portuguesa de futebol com um triunfo por 1-0 sobre o Portimonense, num encontro em que foi melhor equipa até aos 75 minutos.

O remate certeiro do extremo brasileiro, aos 50 minutos, materializou o domínio de uma equipa que regressou no domingo à competição, após o duelo da primeira ronda, com o Sporting, ter sido adiado para a semana de 12 a 16 de outubro, face aos casos de covid-19 detetados nos dois clubes.

Com os três pontos somados, a formação gilista ascendeu provisoriamente ao grupo dos quintos classificados, tendo ultrapassado o conjunto algarvio, com apenas um ponto, que foi quase sempre inoperante, tendo inclusive desperdiçado um penálti na primeira parte.

Por seu lado, o Nacional conseguiu o primeiro triunfo na edição 2020/21 da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer fora o Farense por 1-0, num embate entre equipas promovidas esta época ao escalão máximo do futebol português.

No Estádio Algarve, casa emprestada dos algarvios, um golo do colombiano Brayan Riascos, aos 58 minutos, selou o triunfo dos insulares, que na primeira ronda tinham empatado a três na receção ao Boavista.

O FC Porto lidera o campeonato com seis pontos, os mesmos de Benfica e Santa Clara, segundo e terceiro classificados, enquanto o Sporting segue no grupo dos quintos classificados, com três pontos.

Os campeões nacionais golearam no sábado no estádio do Boavista por 5-0, enquanto as ‘águias’ impuseram-se no mesmo dia na receção ao Moreirense, por 2-0, e os açorianos venceram na sexta-feira no recinto do Sporting de Braga, por 1-0, na partida de abertura da jornada.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.