Mais de metade dos candidatos portugueses receberam residência permanente no Reino Unido

Data:

Mais de metade dos candidatos portugueses receberam autorização de residência permanente no Reino Unido no âmbito do Sistema de Registo de Cidadãos da União Europeia aberto na sequência do Brexit, foi hoje revelado no relatório trimestral.

Das 271.210 candidaturas de portugueses processadas pelo Ministério do Interior britânico até 30 de junho, 192.980 (60%) receberam o título permanente (‘settled status’), atribuído quando as pessoas estão há pelo menos cinco anos no país, e 103.400 (38%) o título provisório (‘pre-settled status’) porque chegaram há menos de cinco anos.

Porém, 4.820 (1,8%) foram recusadas, retiradas ou consideradas inválidas.

Estes números comparam-se com um total de 3.463 milhões de candidaturas processadas, das quais 1,984 milhões (57%) receberam estatuto permanente, 1,427 milhões (41%) estatuto provisório e 51.320 (1,5%) rejeitadas ou invalidadas.

Além dos cidadãos de países da UE, o sistema está aberto aos nacionais da Noruega, Suíça, Islândia e Liechtenstein, e familiares próximos de todos os candidatos elegíveis, incluindo de países extra-europeus.

Até 30 de junho, segundo o relatório publicado hoje, candidataram-se 3,722 milhões de pessoas, das quais 286.390 portugueses, mas o ritmo abrandou significativamente desde março, quando foi declarada a pandemia de covid-19.

Portugal é o país com o quarto maior número de candidaturas, atrás da Polónia, Roménia e Itália.

O sistema vai estar aberto até 30 de junho de 2021 para os europeus que se instalem no Reino Unido até 31 de dezembro, fim do período de transição negociado na sequência da saída do Reino Unido da UE a 31 de janeiro.

O estatuto de residência vai ser necessário para os europeus e familiares manterem o direito de trabalhar e residir no país, incluindo o acesso aos serviços públicos britânicos, como saúde, educação e apoios sociais, após o fim da liberdade de circulação no final do ano.

Em 01 de janeiro está prevista a entrada em vigor de um novo sistema de imigração no Reino Unido que vai impor critérios como qualificações profissionais ou académicas e um salário mínimo de 25.600 libras (30.800 euros).

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.