‘Dias à Mesa’ regressam a Famalicão com o bacalhau como atração

Data:

Os ‘Dias à Mesa’ regressam de 9 e 12 de julho a Vila Nova de Famalicão, com o tradicional bacalhau como atração da ementa.
A iniciativa decorre nos restaurantes Alfa, Amaury, Barão, Bisconde, Casa dos Frangos de Baltar, Casa Pêga, Churrascão Sousa, Combinação de Sabores, Dona Maria Pregaria, El Vagabundo, Fondue, Moutados, O Caçarola, Outeirinho, Porta-Enxerto, Príncipe, Refresco, Sara Cozinha Regional, Torres, Tosco e Vinha Nova.
“O bacalhau é um dos símbolos mais fortes da gastronomia portuguesa e, mais do que um peixe apreciado de norte a sul do país, é também um alimento que conta parte da história de Portugal”, convida a autarquia de Famalicão.
Depois de um interregno de vários meses devido à pandemia da Covid 19, os ‘Dias à Mesa’ regressaram aos restaurantes de Famalicão.
Uma das novidades desta edição é o ‘Passaporte Gastronómico’, que oferece um desconto de 10% nos restaurantes aderentes. Para além disso, dá a oportunidade de jantar ou almoçar gratuitamente num restaurante à escolha.
Depois do Bacalhau, os ‘Dias à Mesa’ voltam em setembro, com a cozinha vegetariana. Em novembro há espaço para a castanha e para as massas.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.