Quinta das Carvalhas reabre enoturismo com oferta de vários programas

Data:

Situada na margem esquerda do rio Douro, junto à vila do Pinhão, a Quinta das Carvalhas é a mais emblemática propriedade da Real Companhia Velha e ponto de descoberta daquela região Património da Humanidade pela UNESCO. Com a reabertura da economia após o fim dos estados de emergência e de calamidade, a Quinta das Carvalhas está a recomeçar “e reestabelecer a normalidade possível”, reabrindo as portas ao enoturismo, que inclui uma oferta diversificada de programas – das exclusivas Vintage Tour às visitas em sightseeing –, a loja de vinhos e o ‘Carvalhas Terrace’, espaço privilegiado sobre o rio Douro, onde a degustação de vinhos é complementada por petiscos, revela a administração da quinta.
O ‘Carvalhas Terrace’ é um espaço exterior, com um aprazível ambiente de sombra e jardins, situado sobre o rio Douro. Inaugurou há cerca de um ano com capacidade para 80 pessoas, número que é agora reduzido para metade, cumprindo-se as normas da DGS. “Um cenário privilegiado onde a Real Companhia Velha vai promover provas de vinhos, a solo e/ou em harmonização com tábuas de queijos, enchidos e outras iguarias da região, numa parceria com a Garçon Douro”, explica uma nota divulgada pela Real Companhia Velha.
No que toca aos vinhos, apenas servidos a copo, o destaque é para a gama ‘Carvalhas’, enquanto os apreciadores de espumante podem optar pelo recém-lançado ‘Real Companhia Velha Pinot Noir rosé’. Há ainda três opções de provas conjugadas. Para harmonizar, uma seleção de queijos de cabra e ovelha e enchidos típicos da região, apresentados “ao natural” – salpicão e presunto de Lamego ou de porco preto alheira, moira ou morcela, chouriça e misto de fumeiro – acompanhados de pão, azeitonas e do ‘Quinta das Carvalhas Azeite Virgem Extra’.
Nesta primeira fase de desconfinamento, o enoturismo da Quinta das Carvalhas estará aberto aos fins-de-semana, entre as 13h e as 19h, sempre com marcação e mediante disponibilidade. “Avançar-se-á para uma extensão de horário, até à reabertura nos horários habituais, à medida que formos regressando à normalidade turística”, informa a administração.
A Quinta das Carvalhas situa-se em Ervedosa do Douro, no concelho de São João da Pesqueira. Cobre toda a colina, estendendo-se até ao topo – que é ocupado pela “Casa Redonda”, uma casa de hóspedes visível a quilómetros de distância – e ocupa também uma parte da encosta superior da margem direita do rio Torto.
A referência mais antiga da propriedade remonta a 1759, embora tenha sido mais recente a sua expansão para os atuais 515 hectares, através da aquisição e posterior emparcelamento de diversas propriedades subjacentes. É, desde a década de 1950, pertença da família Silva Reis, proprietária da Real Companhia Velha, empresa produtora de vinhos do Porto e Douro, fundada em 1756 por Alvará Régio D’el Rei D. José I e a mais antiga empresa portuguesa em actividade.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.