Encontrado corpo de jovem que desapareceu no mar em Ílhavo há uma semana

Data:

O corpo do jovem que desapareceu há uma semana no mar, na praia da Barra, em Ílhavo, foi encontrado hoje cerca das 03:30 no canal de mira da ria de Aveiro, informou o comandante da Capitania local.

O comandante da Capitania do Porto de Aveiro, Humberto Silva Rocha, disse que o cadáver apareceu junto ao cais dos pescadores, na Costa Nova.

Segundo o mesmo responsável, o corpo foi encontrado pelo mestre da draga que está a fazer dragagens naquela zona da ria de Aveiro.

O cadáver já foi retirado da água, tendo sido posteriormente transportado para o Gabinete Médico-Legal de Aveiro.

O jovem com cerca de 20 anos, natural da Gafanha da Nazaré, em Ílhavo, estava desaparecido desde a passada terça-feira (dia 12).

A vítima estava a tomar banho no mar juntamente com um primo e uma amiga, quando foram arrastados por uma onda. O primo e a amiga foram resgatados com vida por surfistas que se encontravam na zona.

Nesta altura do ano, a praia não tem vigilantes, porque ainda não se iniciou a época balnear.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.