Fundão começa a entregar 1.500 máscaras por dia a toda a população

Data:

04O Município do Fundão começou ontem a distribuir máscaras gratuitas, reutilizáveis, a toda a população, propondo-se a entregar 1.500 máscaras por dia, informa num comunicado.
A máscara pode ser levantada no Centro Municipal de Proteção Civil, localizado no Casino Fundanense, na Junta de Freguesia da área de residência ou junto do Projeto Matriz.
Para poer levantar a máscara será necessário apresentar o Cartão de Cidadão ou o Bilhete de Identidade.
A distribuição de máscaras a toda a população integra-se no plano de contingência ao Covid-19, sendo possível “após o Município do Fundão ter feito aquisição de um grande volume de máscaras e ter reforçado a rede colaborativa de produção de máscaras comunitárias”, informa o município.
No comunicado a autarquia destaca o esforço de todos os envolvidos no projeto #FundãoMask, “pioneiro na produção destas máscaras comunitárias há mais de um mês”.
Reúne cerca de 40 costureiras e dele fazem parte uma rede de produção criada pelas juntas de freguesia com o apoio de diversas empresas locais.
O executivo municipal aproveita para pedir a todos os voluntários, particularmente costureiras ou empresas, que se associem a este projeto.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.