Na Lousã 55 costureiras produziram 2.000 máscaras para instituições

Data:

A Câmara da Lousã entregou a várias instituições locais um novo ‘kit’ de material de proteção que inclui 2.000 máscaras produzidas por 55 costureiras voluntárias, no âmbito do projeto ‘WeSew – Costuramos para Proteger’.
As costureiras estão a produzir máscaras e cogulas, com material adquirido pela autarquia, “que se destinam a colmatar as necessidades das entidades e instituições do concelho que, pela natureza das funções desempenhadas pelos seus profissionais, estão mais expostos aos riscos de propagação do novo coronavírus”, refere o executivo municipal num comunicado.
O ‘WeSew – Costuramos para Proteger’, é um projeto de solidariedade desenvolvido em parceria com a ihCare – Innovation Hospital Care e a Penelarte – Associação de Apoio ao Artesanato Local.
Esta entrega do material, a segunda que ocorre desde do início da pandemia, teve como objetivo auxiliar estas instituições a proporcionar aos seus profissionais um nível de proteção mais adequado possível.
O Presidente da Câmara Municipal da Lousã, Luís Antunes, destacou “a importância do trabalho desenvolvido pelas IPSS e pelos seus profissionais que prestam um contributo muito importante para a qualidade de vida dos cidadãos, em especial dos seniores.”
Luís Antunes agradeceu ainda “às 55 costureiras que estão a produzir as máscaras e cogulas que, de forma desinteressada, estão a desenvolver um trabalho muito relevante, para continuarmos a dar aos profissionais as melhores condições de proteção.”

 

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.