#EstudoEmCasa terá conteúdos pedagógicos disponíveis no Youtube

Data:

A plataforma de ensino à distância #EstudoEmCasa, que vai ser disponibilizada a partir de 20 de abril através de vários canais da RTP, passa também a estar disponível no YouTube através de cinco novos canais, com conteúdos validados pela Direção-Geral da Educação (DGE).
Haverá aulas para crianças e jovens da educação pré-escolar ao ensino secundário nesta plataforma digital, informou o Ministério da Educação numa nota enviada à comunicação soical.
“Num momento em que as atividades letivas presenciais estão suspensas, multiplica-se a oferta de conteúdos pedagógicos, para lá da resposta via televisão concebida para os alunos do ensino básico, a qual será formalmente apresentada amanhã, quarta-feira”, informa o Ministério da Educação.
A divulgação as aulas nesta que é uma das plataformas digitais de maior alcance a nível mundia resulta da parceria entre o Ministério da Educação, YouTube e Thumb Media, e vao permitir aos professores disponibilizarem as suas aulas, possibilitando que elas fiquem acessíveis à comunidade educativa num âmbito alargado.
“Disponibilizar aos alunos recursos educativos digitais é já uma boa prática que, agora, tem todas as condições para se disseminar”, reforma o Ministério da Educação na mesma nota.
Nesta quinta e sexta-feira, os docentes poderão participar numa sessão ‘online’, com o apoio de técnicos das entidades parceira, cujo objetivo é capacitá-los com as metodologias que melhor se adequam à plataforma.
“Deste modo, cada docente que participe na referida sessão, e outros que venham a juntar-se posteriormente, irão produzir/disponibilizar aulas e outras atividades, colocando-as nos seus canais próprios (públicos ou privados), cabendo à DGE, depois de um processo simples de validação, organizar esses materiais por anos de escolaridade e por temas para que todos – professores, crianças e alunos, famílias e encarregados de educação – as possam visionar no canal DGE #EstudoEmCasa”, explica a nota.
No YouTube os canais poderão ser encontrados fazendo a pesquisa por “DGE #EstudoEmCasa”, ou nos seguintes links:
Pré-Escolar: https://www.youtube.com/channel/UChcfiTs4sqjwRS6fzaxKyog
1º Ciclo: https://www.youtube.com/channel/UCTzWCFMxJ4wWmWlh-Gzewfg
2º Ciclo: https://www.youtube.com/channel/UCyhocJbYZIOehpISd7yyNqQ/
3º Ciclo: https://www.youtube.com/channel/UCmweZLU2OEU-FOBtLBLJ84w/
Secundário: https://www.youtube.com/channel/UCJdh52Zkf0u0qvYOfCWd3gg
Os professores, que pretendam disponibilizar as suas aulas nestes cinco novos canais, passam a integrar a ‘Comunidade YouTube – #EstudoEmCasa’.
Os cinco canais vão também incorporar os conteúdos que vão passar na televisão, para que fiquem acessíveis (on-demand ou de forma individualizada) sempre que professores e alunos precisarem.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.