Governo decreta fecho dos bares às 21:00 até 9 de abril

Data:

O Governo decretou hoje que os bares vão ter de fechar portas a partir das 21:00, todos os dias, como forma de tentar conter a propagação do surto de Covid-19.

Esta medidas tem efeitos imediatos e vai vigorar até ao dia 09 de abril.

Num despacho governamental assinado hoje pelos ministros de Estado, Economia e Transição Digital, Administração Interna e Saúde, justifica-se a medida – em vigor a partir de hoje – face à situação de emergência de saúde pública.

O encerramento dos bares resulta da situação epidemiológica a nível mundial e do aumento de casos de infeção por Covid-19 em Portugal, com o alargamento progressivo da sua expressão geográfica, lê-se na nota enviada à comunicação social.

Fechar os bares responde à “necessidade de conter as possíveis linhas de contágio” em Portugal, indica a mesma nota.

Face ao avanço da pandemia, assim declarada pela Organização Mundial da Saúde, vários países têm adotado medidas excecionais para evitar a propagação do novo coronavírus.

Detetado pela primeira vez na China, em dezembro, o Covid-19 já provocou mais de 5.500 mortos em todo o mundo e o número de infetados já ultrapassa as 143 mil pessoas.

Existem registos em mais de 135 países e territórios, incluindo Portugal, com 169 casos confirmados.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.