Covid-19: As câmaras municipais que avançaram com medidas de prevenção

Data:

Várias autarquias de norte a sul do país já adotaram medidas de prevenção para fazer face à pandemia de Covid-19.

Águeda
A Câmara cancelou vários eventos em espaços municipais até ao dia 03 de abril. As decisões tomadas incluem o cancelamento de todos os eventos programados, em espaços fechados e ao ar livre, culturais, desportivos ou de outra natureza, que impliquem concentração de pessoas, devolvendo o valor integral dos bilhetes já pagos para os eventos cancelados.
Fica cancelada a programação do Centro de Artes de Águeda e da Biblioteca Municipal Manuel Alegre e a realização da feira semanal, embora o mercado municipal continue a funcionar, e são encerradas as piscinas municipais.
O executivo decidiu ainda “a suspensão de viagens e de programas municipais de desporto, cultura, lazer e outros, que propiciem concentração de pessoas, tratando com especial acuidade e diligência dos que envolvem a população mais idosa”.

Albufeira
A Câmara de Albufeira anunciou que vai encerrar até à próxima terça-feira diversas infraestruturas e equipamentos desportivos e culturais. A medida abrange piscinas, auditório, biblioteca e museus municipais, pavilhões desportivos e ainda a escola fixa de trânsito e o centro educativo do Cerro do Ouro.
Vão também ser suspensos todos os eventos por si organizados ou apoiados, nomeadamente os mercados quinzenais.
O cancelamento dos transportes para visitas escolares, ou outras, para fora do concelho, assim como a cedência de espaços públicos para utilização por entidades terceiras são outras das medidas do município.
O atendimento presencial com marcação por técnicos, como arquitetos, engenheiros, psicólogos ou assistentes sociais, está igualmente suspenso, passando a realizar-se via telefone ou através de correio eletrónico, sempre que possível.
Segundo a autarquia, as medidas serão reavaliadas semanalmente por um grupo de gestão municipal.

Alenquer
A Câmara encerrou até ao dia 30, as piscinas e o pavilhão municipais, as bibliotecas municipais de Alenquer e Carregado, os museus João Mário, do Vinho e Damião de Góis e das Vítimas da Inquisição, assim como o posto de turismo de Alenquer e o Espaço Barrada, no Carregado, é referido no comunicado.
Decidiu também suspender as atividades da Universidade da Terceira Idade, as feiras e mercados e o licenciamento de eventos em todo o concelho.
A auatrquia cancelou todos os eventos que tinha programado realizar durante este mês. É o caso do ‘Vamos ao Teatro’, com várias peças a serem encenadas em diferentes pontos do concelho, a Semana da Saúde e a Semana da Floresta, assim como a Festa da Primavera, na Merceana.

Almada
Foram encerrados os museus, espaços culturais, arquivo, bibliotecas, casas da juventude e piscinas municipais até 05 de abril e suspensas várias iniciativas.
Neste âmbito, foram também suspensas várias iniciativas que iriam decorrer no concelho durante este mês, como a Semana da Leitura, o Março à Solta, o ‘roadshow’ regional Municípios + Inteligentes, Dias da Floresta ou a Assembleia Municipal Jovem.
O município decidiu ainda suspender as reuniões plenárias da rede social e grupos concelhios, as visitas de estudo e passeios com recurso ao serviço de transportes da Câmara de Almada e a participação dos munícipes nas reuniões do executivo.
Já os serviços de atendimento ao público continuam a funcionar normalmente, mas a autarquia apelou aos munícipes que “privilegiem, sempre que possível, a via eletrónica e/ou digital”.

Amarante
A Câmara determinou o encerramento da estância termal da cidade, do Museu Amadeo de Souza-Cardoso, das piscinas e dos pavilhões municipais, entre outros equipamentos, com “efeitos imediatos e pelo menos até ao dia 03 de abril”.
Foi ainda encerrada a Biblioteca Municipal Albano Sardoeira, em Amarante, o polo de Vila Meã e os balneários do complexo desportivo da Costa Grande.

Arcos de Valdevez
Estão suspensas todas as atividades previstas para diversos espaços públicos, o que levou ao cancelamento do festival Sons do Vez, programado até dia 28 na Casa das Artes.
Além da suspensão de “todas as atividades ou eventos previstos para a Casa das Artes, Centro de Exposições e outros espaços culturais, com exceção de atividades letivas”, a Câmara suspendeu ainda a utilização de equipamentos desportivos municipais, estando apenas autorizados os treinos e competições oficiais para as equipas e atletas federados, bem como as atividades curriculares.
Nos treinos e nas competições “não está autorizada a assistência de público”.

Aveiro
Foi cancelada a tradicional Feira de Março “pelo seu elevado risco pela concentração de milhares de pessoas de muitas proveniências, devolvendo a todas as empresas os valores já pagos pela sua participação”.
Quanto a espaços municipais como o Teatro Aveirense, Centro de Congressos de Aveiro, Casa da Cidadania e Centro Municipal de Interpretação Ambiental, é anunciado o cancelamento ou ao adiamento da sua programação agendada até ao próximo dia 3 de abril, devolvendo às pessoas o valor integral dos bilhetes já pagos para os eventos cancelados.
O encerramento ao público da Biblioteca Municipal, que estava previsto para finais de abril para mudança de instalações, é também antecipado, e são canceladas as sessões programadas de divulgação do Orçamento Participativo com Ação Direta.

Barcelos
Barcelos decidiu encerrar ao público, por tempo indeterminado, um conjunto de equipamentos e serviços, mas a feira semanal e o mercado mantêm-se em funcionamento.
Foram encerrados os pavilhões municipais, piscinas, museus, Posto de Turismo, Torre Medieval, Biblioteca, Arquivo Municipal, Casa da Juventude e albergue da Casa da Recoleta.
A agenda do Theatro Gil Vicente foi cancelada e foram suspensos os programas educativos municipais desenvolvidos nas escolas do concelho e os programas desportivos e culturais municipais.
O município decidiu ainda suspender visitas de lazer, turismo ou de âmbito cultural, incluindo visitas de estudo que recorram ao serviço de transportes da autarquia. Por outro lado, foram canceladas as atividades promovidas por terceiros em espaços públicos municipais.
Foram encerrados todos os balcões de atendimento municipais, com exceção do Balcão Único. A Feira Semanal e o Mercado Municipal manter-se-ão em funcionamento.

Braga encerra
Os espaços municipais da autarquia são encerrados ao público e a 53º edição da Agro-Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação, que teria lugar de 25 a 28 de março de 2020, será adiada.
Até ao dia cinco de abril o Museu da Imagem, a Casa dos Crivos, a Torre de Menagem, a Fonte do Ídolo, o Theatro Circo, o gnration, as Termas da Cividade e a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva estão fechados.
No plano desportivo, fica restrito o acesso às piscinas municipais a atletas de competição e quanto às atividades lúdico-pedagógicas da Quinta Pedagógica de Braga estão suspensas por tempo indeterminado.
“Por forma a reduzir o contacto entre cidadãos, o acesso ao interior dos edifícios municipais está restrito a colaboradores da autarquia. O Município de Braga recomenda que se evitem as deslocações ao Balcão Único, privilegiando sempre que possível o contacto telefónico (253 61 60 60), o correio eletrónico (municipe@cm-braga.pt) e as diversas plataformas digitais do município”, lê-se ainda no texto.
Também a Arquidiocese de Braga anunciou o cancelamento das procissões da Semana Santa assim como alterações ao programa, incluindo a restrição do acesso dos fieis a celebrações litúrgicas.

Castro Marim
A Câmara encerrou a piscina municipal e suspendeu os mercados e todos os eventos. A medida abrange os transportes municipais – excetuando-se os transportes para consultas e exames médicos – e todos os eventos culturais, recreativos e desportivos.
Estão suspensos todos os mercados mensais de Castro Marim, do Azinhal e de Odeleite e programas de visitas culturais e excursões. Segundo a autarquia, vai ser criado um serviço social e de saúde preventivo, de emergência e proximidade às populações idosas e mais isoladas, especialmente das freguesias de Odeleite e Azinhal.
“Os equipamentos culturais e os monumentos mantêm-se abertos e visitáveis, uma vez que a afluência turística se considera baixa, no entanto serão tomadas medidas específicas e protetoras, quer do visitante, quer dos profissionais que trabalham no atendimento ao público”, adiantou.

Celorico de Basto
As feiras no concelho e as atividades desportivas da autarquia estão encerradas.
Foi cancelada a 17.ª edição da Festa Internacional das Camélias, prevista para o próximo fim de semana.
Também as comemorações dos 500 anos do foral, nos dias 28 e 29 de março, foram adiadas para data a anunciar.

Cinfães
A Câmara suspedeu o uso das piscinas municipais e dos restantes equipamentos desportivos agendados para março e abril, as actividades culturais previstas para o auditório municipal e o programa Férias em Movimento.
Ficará igualmente suspensa a abertura ao público da biblioteca municipal, do posto de turismo, do Museu Serpa Pinto e do Centro Interpretatvo do Vale de Bestança.
As feiras quinzenais do concelho que se realizam sem Cinfães, Souselo e Nespereira, e a Feira da Terra também não se vão realizar, acrescenta a autarquia.

Coimbra
A Câmara encerrou todos os equipamentos municipais, cancelou os eventos públicos promovidos pelo município, suspendeu feiras e reforçou a desinfeção das viaturas dos serviços de transportes urbanos, até 03 de abril.
Equipamentos como a Casa da Cultura ou o Convento São Francisco, as piscinas municipais e o Pavilhão Multidesportos, o Estádio de Taveiro e a pista de atletismo do Estádio Cidade de Coimbra ou o campo de futebol da Arregaça, por exemplo, ficam, assim, encerrados até 03 de abril.
Ficam suspensas as feiras de Artesanato Urbano, de Velharias, de Sábado e dos 7 e dos 23.
O Mercado Municipal D. Pedro V mantém-se, no entanto, “por enquanto”, em funcionamento, mas com reforço das “ações de contingência e a sua divulgação já em curso”, refere um despacho da autarquia.
O “reforço da limpeza e desinfeção das viaturas dos SMTUC, instalação de doseador com solução desinfetante dentro dos autocarros e sensibilização para a aquisição atempada dos bilhetes evitando a sua compra a bordo”, é outra das medidas adotadas pela Câmara de Coimbra.

Covid-19: As câmaras municipais que já avancaram com medidas de contençãoCoruche
O presidente da Câmara, Francisco Oliveira, informou que o município vai reduzir o horário de atendimento de serviços como Balcão Único, tesouraria, posto de turismo e serviço de ação social, entre outros, passando o atendimento técnico a ser feito exclusivamente por via digital.
Nas medidas que vigoram até 03 de abril, todas as atividades envolvendo público ou grupos de cidadãos, como as dirigidas à terceira idade e às crianças, foram suspensas, sendo que espaços como as piscinas municipais, pavilhão desportivo municipal, estádio municipal e pavilhão multiúsos são encerrados ao público, “restringindo-se a sua utilização aos clubes com escalões com atividade competitiva, não sendo permitida a presença de público nas mesmas”.
A Biblioteca Municipal e a sala de leitura Américo Durão, no Couço, são encerradas e é suspenso o serviço de Bibliomóvel, ficando restringidas a grupos até 10 pessoas as visitas a espaços culturais e turísticos.
O Mercado Mensal previsto para o próximo dia 28 não se realizará e ficam suspensas todas as cedências de viaturas do município, incluindo autocarros.
As medidas não abrangem o Mercado Municipal, os refeitórios municipais (apenas para os trabalhadores do município), o Parque de Mercados e Feiras – área de serviço de autocaravanismo e a recolha de monos, acrescentou.

Esposende
A autarquia decidiu encerrar equipamentos municipais e “condicionar” o acesso ao Mercado Municipal e à feira quinzenal.
Em comunicado, o município adianta que decidiu encerrar, “previsivelmente” até 03 de abril, vários equipamentos, como biblioteca, museu, Centro Interpretativo de São Lourenço, Casa Viana de Lima, Casa da Juventude e Centro de Educação Ambiental.
Foi também suspensa a atividade das piscinas e dos equipamentos desportivos municipais.
Foram igualmente suspensas as atividades desenvolvidas em espaço público municipal e em equipamentos municipais, nomeadamente no Auditório Municipal, Centro de Informação Turística, Fórum Rodrigues Sampaio, Auditório da Biblioteca Municipal e Sala Polivalente da Casa da Juventude.
O município decidiu ainda condicionar o acesso ao Mercado Municipal a um “número restrito de pessoas em simultâneo”, bem como à feira quinzenal de Esposende.

Felgueiras
Em Felgueiras todos os serviços municipais de acesso ao público serão encerrados, exceto os Paços do Concelho, e estão suspensas as feiras semanais de Felgueiras e da Lixa, devido ao surto de Covid-19.
Estão também cancelados todos os eventos, pelo período de 30 dias.
No domingo passado, a DGS anunciou o encerramento preventivo de todas as escolas do concelho, como medida para tentar controlar o surto por Covid-19, que apresenta vários casos no município.

Fornos de Algodres
Em comunicado, a autarquia refere que adotou “um conjunto de procedimentos para mitigar o possível impacto do surto” no concelho. É o caso da Feira do Queijo Serra da Estrela, marcada para 20, 21 e 22, no Mercado Municipal.
O adiamento do Seminário Ambiental de Fornos de Algodres, a suspensão das atividades do projeto de envelhecimento ativo Fornos Vida e o encerramento da piscina municipal, até ao final do mês, são algumas das medidas.
O município decidiu ainda suspender o projeto de férias desportivas previsto para a paragem letiva do segundo período, a feira quinzenal e o mercado de produtos locais.

Fundão
A Câmara  presidida por Paulo Fernandes vai encerrar as Piscinas Municipais Cobertas, a Biblioteca Municipal Eugénio de Andrade, o Museu Arqueológico Municipal, d’A Moagem – Cidade do Engenho e das Artes, o Espaço Empresa, os Postos de Turismo, ds Casas Temáticas nos diferentes pontos do concelho.
A autarquia também refere que o atendimento nos espaços municipais que se mantêm em funcionamento “ficará condicionado a serviços reduzidos”, mas o Balcão Único Municipal mantém-se sem alterações.
Além disso, ficam suspensos “todos os programas turísticos ligados às Cerejeiras em Flor, até dia 31 de março”, e os jogos desportivos realizados nos equipamentos desportivos da autarquia só poderão ocorrer à porta fechada.
“Estas medidas terão efeito a partir das zero horas do dia 13 de março. A sua reavaliação será feita no final do mês onde será ponderada a sua continuidade ou alteração”, acrescenta o município.

Guarda
O executivo municipal cancelou feiras ao ar livre, atividades com idosos, espetáculos culturais, encerrou piscinas e limitou a utilização de equipamentos desportivos.
Até ao final do mês foram também canceladas de todas as atividades do Programa Guarda+65, dirigido a idosos e reformados.
Foi também decidido, até ao final do mês, o cancelamento das atividades do Teatro Municipal da Guarda e os espetáculos inseridos na iniciativa ‘Quadragésima’, que estava agendada para o período da Quaresma e da Páscoa.
O município permite a utilização do Pavilhão Desportivo Municipal de São Miguel, do Pavilhão Gimnodesportivo da Guarda (INATEL) e do Pavilhão e Ginásio do Estádio Municipal, para treinos e jogos, “sempre que não se ultrapassem os 100 utilizadores em simultâneo (atletas, dirigentes e público)”.
O mesmo se aplica ao Ginásio de Musculação, até ao limite de quatro pessoas em simultâneo, ao Estádio Municipal (relvado e pista) e ao Campo de Jogos do Zambito, para treinos e jogos, “sempre que não se ultrapassem os 1.000 utilizadores em simultâneo (atletas, dirigentes e público)”.

Gondomar
Também em Gondomar todos os equipamentos municipais foram encerrados, enquanto a realização de atividades para as férias escolares da Páscoa será “reavaliada até ao dia 23”.
Estão fechados, até 03 de abril, as piscinas municipais, pavilhões desportivos, biblioteca municipal, auditório e centro cultural de Rio Tinto, bem como as casas da juventude, a Casa Branca de Gramido e o Centro de Educação Ambiental da Quinta do Passal.
Paralelamente, a Câmara de Gondomar decidiu cancelar todos os eventos e iniciativas abertas ou contendo públicos externos, bem como todas as visitas de estudo, passeios, deslocações culturais e desportivas, promovidas pelo município ou com recursos municipais, designadamente autocarros.
“O Balcão Único manter-se-á em funcionamento, assim como os canais de atendimento telefónico e eletrónicos. Apela-se, no entanto, a que apenas existam deslocações ao Balcão Único para situações urgentes e que não possam ser tratadas por outro meio”, continua a informação camarária.

Lisboa
Os museus e teatros municipais de Lisboa estão encerrados até 03 de abril e as atividades desportivas promovidas pelo município em recinto fechado foram suspensas.
Em comunicado, a Câmara de Lisboa anuncia um conjunto de “medidas temporárias” como o encerramento dos museus, galerias e bibliotecas municipais, assim como dos teatros municipais (São Luiz, LuCa e Teatro do Bairro Alto), do Padrão dos Descobrimentos e do Cinema São Jorge.
As piscinas geridas pelo município e Juntas de Freguesia também foram encerradas e estão suspensas todas as atividades desportivas promovidas pela autarquia em recinto fechado, tal como todas as visitas de lazer, turismo ou de âmbito cultural promovidas pelo município.
As atividades complementares à ação educativa do tipo visitas de estudo e passeios promovidas pela autarquia ou com recurso ao serviço de transportes da Câmara Municipal de Lisboa serão igualmente suspensas.
“Por enquanto”, é referido na nota da Câmara de Lisboa, as feiras e os mercados irão manter-se em funcionamento, “reforçando as ações de formação e prevenção já em curso”.
Os serviços de atendimento ao munícipe, os parques e jardins de gestão municipal também continuarão em funcionamento e o Castelo de São Jorge irá manter-se aberto ao público, lê-se no comunicado.
A Câmara de Lisboa indica ainda que irá avaliar com cada Junta de Freguesia as iniciativas concretas que se encontrem programadas.

Loulé
A Câmara encerrou até à próxima segunda-feira, espaços de atendimento ao público, infraestruturas e equipamentos desportivos e culturais.
Também o atendimento presencial de técnicos, com marcação, fica por agora cancelado, realizando-se via ‘skype’ ou por telefone, sempre que possível, prossegue a nota.
Vão ainda ser cancelados um baile sénior, que iria decorrer em 21 de março, o mercadinho de Loulé, na zona histórica, em 14 de março, e uma formação apícola no Centro Ambiental, no mesmo dia.
Os transportes para visitas escolares fora do concelho ficam também cancelados, tal como a cedência de espaços para a utilização de outras entidades, como é o caso do salão de festas.
A autarquia deciduiu suspender os programas previstos para as férias da Páscoa, que iriam decorrer entre 30 de março e 03 de abril e que envolviam cerca de 800 alunos das escolas do concelho.

Lousada
Na sequência dos últimos desenvolvimentos do COVID-19 e das medidas decretadas pela Direção-Geral de Saúde, o município decidiu pelo encerramento dos estabelecimentos escolares, públicos e privados, e pela suspensão de atividade dos estabelecimentos de lazer/culturais e de utilização pública, designadamente ginásios, bibliotecas, piscinas, espaços para eventos e cinemas.
Estão igualmente encerrados todos os edifícios municipais de acesso ao público, exceto os Paços do Concelho e serviços técnicos e os serviços que permanecerão abertos devem ser procurados pelos munícipes apenas para situações urgentes, devendo-se privilegiar o contacto via telefone (255 820 500) ou email (geral@cm-lousada.pt).
Ficaram cancelados ainda o Festival das Camélias e todas as iniciativas associadas, movimentos seniores, o Mega Encontro Desportivo; a Liga Boccia Sénior, o apoio ao Programa Municipal de Caminhadas e ao Circuito Lousada a Correr, o Free Running, o Diabetes em Movimento e os eventos Ciência no Parque e Plantar Lousada.

Madalena
Face à evolução Covid-19,  o município da Madalena (Ilha do Pico, Açores) decidiu adiar para data posterior a 31 de março, todos os eventos promovidos pela autarquia realizados em espaços fechados, nomeadamente as sessões de cinema no Auditório da Madalena e Temporada das Artes.
Recomenda ainda que os eventos agendados para este período, sejam desportivos, culturais ou recreativos, dinamizados por outras entidades públicas ou privadas, sejam adiados para data posterior a 31 de março.

Mafra
Até 30 de abril, diversas instalações municipaisde Mafra estão encerradas e foram suspensas. A autarquia decidiu encerrar piscinas, pavilhões e ginásios, na área do desporto, bibliotecas, auditórios, galerias e o museu, no setor cultural, e os postos de turismo de Mafra e Ericeira.
Continuam abertos os serviços de atendimento ao público, os serviços de apoio à família enquanto as escolas permanecerem abertas (refeições, prolongamento de horários e atividades para crianças durante as pausas letivas), os mercados municipais de Mafra e da Ericeira, os parques e jardins municipais e as incubadoras de empresas da Ericeira e Mafra.
Até 30 de abril, estão também suspensas as atividades desportivas, culturais, sociais, de turismo e lazer promovidas pelo município ou por outras entidades que utilizem as instalações municipais, apoios logísticos do município a atividades promovidas por associações ou outras entidades e feiras.

Mangualde
A autarquia decidiu encerrar todos os equipamentos municipais até ao dia 28, e aconselhou as coletividades locais a seguirem as recomendações das autoridades.
Atendendo às orientações da DGS, encerrou as piscinas, a biblioteca, o estádio, o pavilhão, o posto de turismo e a loja social.

Matosinhos
Estão encerrados os equipamentos municipais e cancelados os eventos e atividades públicas.
Bibliotecas, Teatro Municipal Constantino Nery, casas da juventude, centros cívicos, galerias museus e quintas, postos de turismo, equipamentos desportivos municipais, centros de atendimento descentralizado da MatosinhosHabit e e Matosinhos Sport (MS), espaços internet, loja de emprego, centro de monitorização e interpretação ambiental e centro de informação ao consumidor estão fechados por tempo indeterminado.
A auatarquia suspendeu ainda as feiras da sua responsabilidade (Feira dos Golfinhos e Feira dos Produtos Biológicos) e todos os eventos e atividades programadas.
Os serviços de atendimento ao público aplicam-se apenas a casos urgentes, e os munícipes são aconselhados a usar os meios telefónicos ou eletrónicos para evitar o contacto direto.
Entre estes serviços está a Loja do Munícipe, Indaqua, Polícia Municipal, Proteção Civil, Ação Social, Educação, balcões de atendimento MatosinhosHabit e Matosinhos Sport e Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco.

Nazaré
O Forte de S. Miguel Arcanjo foi encerrado ao público “até anúncio em contrário” e nos postos de informação e turismo a atividade passa a ser feita “por telefone, email ou plataformas digitais existentes”.
As atividades programadas, tanto de caráter cultural como desportivo, vão manter-se “desde que respeitem as normas e recomendações dadas pela DGS e Governo”, refere a autarquia, que manterá também a normalidade de funcionamento nos serviços autárquicos, “embora todos os atendimentos de serviços públicos municipais devam ser procurados presencialmente apenas em situações urgentes e inadiáveis, privilegiando-se o contacto e a obtenção de informações via telefone ou por e-mail/correio eletrónico”.
Os equipamentos públicos, como as piscinas, pavilhões, Serviços Municipalizados, transportes urbanos, ascensor, museu, centro cultural, biblioteca municipal, Universidade Sénior da Nazaré e escolas da rede pública manter-se-ão em funcionamento.
As feiras e mercados também se manterão o funcionamento, tendo o município em curso o reforço de ações de formação e prevenção.

Covid-19: As câmaras municipais que já avancaram com medidas de contençãoÓbidos
A Câmara Municipal reorganizou serviços. Foi decidido, e com o acordo dos colaboradores, que cerca de 50 por cento dos funcionários de cada serviço municipal continua a trabalhar nos respectivos edifícios camarários, sendo que os restantes elementos trabalharão em outros espaços municipais, ou a partir de casa, caso haja essa possibilidade.
Foi ainda cancelada a Feira das Velharias de Óbidos, que iria decorrer a 5 de Abril, junto ao Cruzeiro da Memória.
O município apela aos munícipes que tratem os assuntos com a Câmara Municipal através das plataformas já disponíveis (www.cm-obidos.pt), por telefone (262 955 500) e/ou correio electrónico (geral@cm-obidos.pt), evitando, desta forma, a deslocação aos Paços do Concelho

Oliveira de Azeméis
Todos os equipamentos desportivos foram encerrados, cancelados os eventos promovidos pela autarquia e restringido a acesso a serviços camarários apenas a casos inadiáveis.
Segundo essa autarquia, a medida não tem data de término, pelo que, “até informação em contrário, serão cancelados todos os eventos municipais e encerrados os equipamentos Pavilhão Municipal António Costeira, Piscinas Municipais de Oliveira de Azeméis e Complexo Desportivo de Jogos de Cucujães”.
Entre os eventos cancelados incluem-se encenações de teatro nas freguesias de Loureiro e São Roque, ações lúdicas no Serviço de Informação e Apoio ao Consumidor, um convívio de dança em Macieira de Sarnes, oficinas do serviço educativo do Arquivo Municipal, uma visita de turismo sénior ao Museu do Carro Elétrico do Porto, ateliês infantis no Centro Lúdico, o espetáculo ‘Rouxinol Faduncho’, o 18.º Raid TT Caima Radical, a VII Rota do Moleiro em Ciclismo e ainda concertos, sessões de leitura e oficinas na Biblioteca Municipal Ferreira de Castro.
No mesmo sentido, a Câmara informa que os serviços de atendimento ao munícipe se manterão “para já em funcionamento”, mas apela à população para que apenas recorra aos mesmos “em casos que não sejam passíveis de adiamento”.

Paços de Ferreria
O executivo autárquico decidiu que vai encerrar as escolas do concelho, a partir de segunda-feira, por causa da Covid-19, independentemente da decisão do Governo sobre a matéria.
“Conscientes das preocupações manifestadas por toda a comunidade escolar, impõe-se informar que o município, em face da proximidade aos concelhos afetados (Lousada e Felgueiras), manterá a sua decisão de determinar o encerramento dos estabelecimentos escolares na próxima segunda-feira”, lê-se num comunicado da câmara municipal.
Na segunda-feira, o presidente da câmara, Humberto Brito, enviou um ofício aos ministérios da Educação e da Saúde, pedindo “o encerramento de todas as escolas do concelho, no âmbito das medidas excecionais para prevenção da propagação do surto epidemiológico”.
O concelho de Paços de Ferreira confina territorialmente com Lousada, um dos concelhos, conjuntamente com Felgueiras, onde foi decretado, na segunda-feira, o encerramento de todas as escolas e outros equipamentos públicos e privados, por ali terem sido detetados vários casos de infeção por Covid-19.

Paredes
Até 24 de março estão fechados os equipamentos municipais de utilização pública, “designadamente, piscinas, ginásios, pavilhões, biblioteca, loja interativa do turismo de Paredes e casa da cultura”, diz a autarquia, em comunicado.
Em funcionamento vão manter-se os edifícios da câmara municipal e serviços técnicos.
“Os serviços que permanecerão abertos devem ser procurados pelos munícipes somente em situações urgentes, devendo-se privilegiar o contacto via telefone (255 788 800) ou ‘email’ (cmparedes@cm-paredes.pt)”, explica a nota.
O comunicado, assinado pelo presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida, indica também o cancelamento de todas as feiras do concelho até final de março e de todos os eventos que envolvam um elevado número de pessoas, nomeadamente a população com mais idade.
As atividades canceladas pelo município são “’Mais Vida Ativa’, ‘Diabetes em Movimento’, ‘Viver Melhor’, ‘Baile da Primavera’, Grupo de Trabalho para a Inclusão e iniciativas associadas, Liga Boccia Sénior, Primavera Festival da Flor e Feira do Livro e Café Literário Júnior.

Pinhel
A Câmara Municipal encerrou equipamentos públicos e suspendeu, por tempo indeterminado, atividades de equipamentos como a Academia de Música de Pinhel, a Piscina Municipal e o Ginásio localizado no Pavilhão Multiusos.
A autarquia também adiou e cancelou várias atividades culturais, como a realização de sessões de cinema, a iniciativa Aldeias em Festa, a representação do espetáculo de teatro ‘O amante do meu marido’, o Encontro de Poesia de Pinhel, a Caminhada da Primavera «, as atividades Museu à Noite e Caminhos com História.
Castelo Branco
Foi encerrada, até 29 de março, uma dezena de equipamentos municipais, nos quais se incluem piscinas, bibliotecas, pavilhões e auditórios.
Foi o caso das piscinas municipais de Castelo Branco e de Alcains, do auditório do Centro Cultural de Alcains, dos campos de futebol do Parque Urbano da cidade, dos balneários da pista de atletismo, do grande auditório do Cineteatro Avenida, da biblioteca municipal e dos dois pavilhões municipais.
Além destes encerramentos de equipamentos municipais, a autarquia adianta que decidiu cancelar todas as atividades e eventos públicos da responsabilidade do município ou nos quais este seja parceiro, designadamente eventos sociais, desportivos, culturais e recreativos.

Ponte de Lima
A Câmara de Ponte de Lima, no distrito de Viana do Castelo, implementou um plano de contingência que cancela as feiras quinzenais e suspende todas as atividades culturais organizadas e promovidas pelo município este mês.
Além de suspender a utilização dos equipamentos desportivos municipais, autorizando “apenas” os “treinos e competições oficiais para equipas e atletas federados”, o município alerta que nesses treinos e competições “não está autorizada a assistência de público”.
As feiras quinzenais que deveriam realizar-se nos dias 16 e 30 de março, ao ar livre, no areal junto ao rio Lima foram canceladas, bem como a feira de artesanato que deveria realizar-se no dia 22.
O município suspendeu todas as atividades culturais no teatro Diogo Bernardes, e outras que sejam organizadas e promovidas pela autarquia.

Covid-19: As câmaras municipais que já avancaram com medidas de contençãoPortimão
A Câmara anunciou o fecho preventivo dos equipamentos culturais e desportivos sob a sua gestão até 31 de março.
A medida abrange o teatro, museu e biblioteca municipais, o Portimão Arena, os pavilhões desportivos, as piscinas municipais de Portimão, Alvor e Mexilhoeira Grande e os campos de ténis do concelho.
A decisão de encerrar estes espaços surge depois de terem sido encerradas hoje duas escolas no concelho, após a confirmação da doença em duas pessoas da mesma família – mãe e filha -, os dois primeiros casos reportados de contaminação por Covid-19 a sul de Portugal.

Póvoa de Varzim
A Câmara decidiu cancelar todos os eventos municipais realizados à porta fechada e encerrar o cine-teatro Garrret. As medidas vão vigorar até 03 de abril, para evitar eventos que propiciem a concentração de pessoas.
O Cine-Teatro Garrett, que há algumas semanas acolheu o festival literário Correntes D’Escrita, será encerrado ao público, assim com o museu municipal e os núcleos museológicos de Rates e da Cividade de Terroso,
A Câmara da Póvoa de Varzim cancelou, ainda, todas as atividades a realizar em parceria com as escolas do concelho, designadamente visitas de estudo, passeios e ações de formação, além das atividades nas piscinas municipais e ao pavilhão municipal com a participação de entidades externas ao universo municipal.
As atividades desportivas de âmbito municipal, que se realizem em recintos aberto, serão mantidas.

Salvaterra de Magos
As piscinas, bibliotecas e pavilhões desportivos municipais estão encerrados até “pelo menos” ao final do mês
É o caso da Escola Municipal de Natação, a biblioteca municipal e respetivos polos de Marinhais e Glória do Ribatejo, os pavilhões desportivos municipais e os auditórios do Cais da Vala e do Mercado de Cultura.
A Feira de Artesanato e Produtos Nacionais e todos os eventos relacionados com o “mês da enguia” serão igualmente encerrados.
Por outro lado, ficam suspensas as atividades que o município organiza na comunidade, nas escolas e nas Instituições Particulares de Solidariedade Social, nomeadamente “Expressão físico-motora no pré-escolar, desporto sénior, Universidade Sénior, OTL da Páscoa, Refeitório Aberto”, bem como a cedência de equipamentos e de autocarros para visitas de estudo e outras deslocações.
Nesse sentido, a autarquia está a contactar as associações, comissões de festas e as Juntas de Freguesia do concelho com iniciativas marcadas até ao final de março “para que as cancelem ou adiem”.

Santo Tirso
A partir de amanhã, estão encerrados todos os equipamentos municipais de âmbito desportivo e cultural, como o Pavilhão Polidesportivo Municipal, o Parque Desportivo Municipal Sara Moreira, o pavilhão e piscina municipais, a Biblioteca Municipal, o Centro Cultural Municipal de Vila das Aves, o Centro Interpretativo do Monte Padrão e Museu Internacional de Escultura Contemporânea.
No caso do Parque Desportivo Municipal Sara Moreira e do Pavilhão Municipal, “serão apenas permitidos os jogos de competições federadas já calendarizados, com a recomendação de que se realizem à porta fechada”, refere a comunicação do município. Estão suspensos os programas desportivos Santo Tirso Ativo, Boccia Sénior e Desporto Adaptado.
A autarquia recomenda, por isso, “que se evite, sempre que possível, as deslocações aos serviços municipais, pelo que os munícipes devem privilegiar o contacto por telefone 252 830 400 ou email santotirso@cm-stirso.pt”.

Seia
O município decidiu cancelar eventos e atividades, suspender o acesso do público a equipamentos culturais e desportivos sob a sua gestão, assim como a feira semanal e os eventos que careçam de licenciamento.
A medida preventiva, que vigora até ao dia 5 de abril, será avaliada de acordo com a evolução da pandemia.
Durante o período estabelecido, o município apela para que a população utilize os canais não presenciais, sejam eles digitais ou telefónicos, e que se dirija aos Paços de Concelho “apenas em casos de extrema necessidade”.

Setúbal
A Câmara de Setúbal decidiu suspender as atividades previstas para os equipamentos municipais de utilização pública, como as salas de espetáculos do Fórum Municipal Luísa Todi e Auditório Charlot, bem como nos museus e equipamentos desportivos, incluindo pavilhões e piscinas, até ao dia 25 de março.
A decisão do município, que surge na sequência da elaboração de um plano de contingência para o concelho, com cerca de 120 mil habitantes, e das recomendações da Direção-Geral da Saúde, já foi comunicada aos munícipes na página da câmara na rede social Facebook.

Silves
O executivo informou que “todos os eventos promovidos pela autarquia no mês de março foram cancelados e serão reagendados em data a anunciar oportunamente”.
Os serviços do complexo das piscinas municipais de Silves estão também encerrados ao público até ao final do mês.

Sintra
O executivo autárquico decidiu cancelar todas as atividades e eventos públicos da responsabilidade do município e suspender os serviços de atendimento.
Estão suspensos os “serviços de atendimento presencial, exceto em Espaços/Loja do Cidadão, posto de turismo do Cabo da Roca e serviços municipais de saúde humana e animal”, privilegiando-se os contactos telefónicos ou por correio eletrónico, refere num despacho.
O documento refere ainda que serão canceladas “todas as atividades e eventos públicos da responsabilidade” do município ou “nos quais este seja parceiro”, como por exemplo espetáculos, eventos sociais, culturais, desportivos ou recreativos.
A câmara também optou pelo encerramento de bibliotecas, centros lúdicos e outros equipamentos municipais destinados a crianças e jovens, além da suspensão das atividades “desenvolvidas em piscinas e pavilhões municipais, independentemente da sua natureza”.

Sobral de Monte Agraço
Até 03 de abril estão fechados vários espaços municipais e suspensas as atividades programadas até essa data.
Estão encerrados o Centro de Interpretação das Linhas de Torres, as piscinas, galeria e biblioteca municipais e o Cine-Teatro, mantendo-se em funcionamento os serviços de atendimento ao público, nos quais foram reforçadas as medidas de prevenção previstas no Plano de Contingência Municipal para a pandemia.
A câmara decidiu também suspender todas as atividades nas áreas do desporto e lazer, turismo e cultura que ia promover, assim como as atividades complementares para as escolas, nomeadamente visitas e passeios, até à mesma data.

Torres Vedras
A Câmara encerrou diversos espaços municipais e suspendeu atividades, deslocações ao estrangeiro e licenças para eventos até 14 de abril.
Entre as medidas está o encerramento de arquivo, biblioteca, Centro de Educação Ambiental, centros de interpretação, castelo, galerias municipais, Fábrica das História Jaime Umbelino, loja, Museu Municipal Leonel Trindade, postos de turismo de Torres Vedras e Santa Cruz e Teatro-cine.
A autarquia decidiu também suspender todos os eventos culturais, sociais e desportivos que ia promover, as feiras, as deslocações de autarcas e funcionários ao estrangeiro, o licenciamento de eventos em todo o concelho, a cedência de espaços e autocarros municipais e o atendimento presencial em sala por técnicos no Edifício Multisserviços, privilegiando a comunicação por telefone, correio eletrónico ou teleconferência.

Trofa
A Câmara suspendeu até 30 de março todas as atividades e eventos organizados pela autarquia abertos à participação do público e “todas as atividades de desporto sénior”.
Também suspensas ficarão as atividades “desportivas de foro municipal e associativo que impliquem a utilização dos Pavilhões Desportivos da EB 2,3 Prof. Napoleão Sousa Marques e na EB 2,3 e Secundária de S. Romão do Coronado”.
A Academia Municipal da Trofa – Aquaplace, a Casa da Cultura, a Centro Comunitário Municipal da Trofa, a Antiga Estação da Trofa, a Loja de Turismo da Trofa, e o Auditório do Fórum Trofa XXI ficarão também encerrados ao público.
“Os restantes serviços municipais mantêm-se em funcionamento”, contudo, “por forma a reduzir o contacto entre cidadãos”, os munícipes devem privilegiar atendimento não presencial, via telefone (252 409 290), via e-mail (geral@mun-trofa.pt) ou através do eBalcao.

Valongo
A Câmara encerrou os equipamentos municipais de utilização pública, nomeadamente piscinas, ginásios, pavilhões, estádios, bibliotecas, museus e espaços culturais.
Está ainda a ponderar a suspensão ou cancelamento dos eventos públicos organizados apoiados pelo Município, designadamente Mostra de Teatro Amador, Trilhos do Paleozóico, 1.º Portugal Internacional Montain Bike, Torneio Juvenil de Karate de Valongo, Gala de Mérito Desportivo, programas e campos de férias relacionados com a paragem de Páscoa, bem como o curso livre de história da fotografia, entre outros.
Paralelamente, a autarquia informa que mantém em funcionamento os edifícios da Câmara Municipal e serviços técnicos, mas dá indicações sobre a utilização ‘online’ destes serviços, de forma a evitar o recurso presencial.

Vila Nova de Famalicão
Os equipamentos públicos do município são encerrados “até decisão em contrário”.
As medidas referem-se ao “encerramento das Piscinas Municipais de Famalicão (apenas terão acesso ao equipamento os atletas de competição para efeitos de cumprimentos de plano de treino), dos pavilhões municipais, museus e equipamentos culturais da responsabilidade municipal, das bibliotecas e da casa da juventude, o cancelamento da agenda da Casa das Artes, das Férias Desportivas da Páscoa 2020, a suspensão dos programas educativos municipais, dos programas desportivos municipais e ainda o encerramento de todos os serviços de atendimento ao público, com exceção do Balcão Único de Atendimento e dos Serviços do Ambiente.
A Confraria das Santas Chagas cancelou toda a programação de março relacionada com a Semana Santa 2020.
“Em relação às iniciativas programas para a mês de abril ficam desde já canceladas as procissões do Senhor “Ecce Homo”, do Enterro do Senhor e o Cortejo Bíblico, assim como todos os concertos, a exposição Cristianismo_Na_Cultura e a 1ª Feira “Páscoa Doce” em Vila Nova de Famalicão. Será posteriormente tomada a decisão sobre a realização do ciclo de cinema e do concerto de Páscoa”, revela a autarquia.

Vila Nova de Gaia
Estão fechados, “por tempo indeterminado”, equipamentos municipais como piscinas e auditórios municipais o Centro de Alto Rendimento e a hospedaria do Parque Biológico de Gaia. Durante o encerramento todos os equipamentos vão ser desinfetados.
A autarquia anunciou ainda o cancelamento ou suspensão de todos os eventos municipais de massa programados.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.