Feira do Livro Infantil de Bolonha adiada para maio por causa do vírus Covid-19

Data:

A Feira do Livro Infantil de Bolonha, que reúne anualmente milhares de editores e autores de todo o mundo, foi adiada para maio por causa do surto de coronavírus em Itália, revelou a organização.

A 57.ª edição desta feira do livro, considerada a mais relevante dedicada à literatura e ilustração para os mais novos, estava marcada de 30 de março a 02 de abril, mas foi reagendada para de 04 a 07 de maio, devido “à emergência do vírus Covid-19”.

Fonte da Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (DGLAB) explicou à agência Lusa que, tal como acontece em anos anteriores, está planeada a presença física deste organismo, com um espaço de divulgação de autores portugueses.

Entre as editoras que mantêm intenção de estar presentes em Bolonha, apesar do reagendamento, estão a Pato Lógico e a Orfeu Negro, que dividirão um espaço de divulgação na feira, como contou o editor André Letria à Lusa.

A Feira do Livro Infantil de Bolonha congrega anualmente cerca de 30 mil profissionais em torno do negócio editorial de literatura e ilustração para a infância e juventude, com negociações de direitos de venda de novos títulos, lançamentos, exposições, conferências e debates.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.