Soma e segue: depois do triplo salto Lenine Cunha conquista outro ouro

Data:

Um par de horas depois da vitória no triplo salto, Leline Cunha volta a brilhar: o atleta paralímpico português é também ouro no pentatlo.

As duas medalhas forma conquistadas hoje nos mundiais de atletismo adaptado de pista coberta, que decorrem em Torun, na Polónia até ao dia 28 de fevereiro.

Depois de vencer a prova de triplo salto com 12.62, à frente do espanhol Fernando-Batista Restituyo, Lenine Cunha conquistou o primeiro lugar também no pentatlo com o total de 2.604 pontos, à frente do francês Daniel Royer (2.435) e do espanhol Nicolas-Castillejos Barrera (2.125).

“Campeão do Mundo ao Pentatlo, termino o dia com 2 Ouros , tenho 37 anos mas continuo aqui … e só tenho uma coisa a dizer : A persistência pode transformar o falhanço numa extraordinária Vitória. Obrigado a todos pelo Apoio, amanhã é um novo dia”, escreveu o atleta português nas suas contas nas redes Facebook e Instagram.

As duas medalhas vêm juntar-se às mais de 200 já conquistadas ao longo da sua carreira.

Lenine Cunha, natural de Mafamude, Vila Nova de Gaia, é o atleta mais medalhado a nível global na história do desporto mundial adaptado.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.