Aeroporto de Beja acolhe exercício internacional da NATO

Data:

O exercício internacional NATO Tiger Meet deste ano vai ser organizado pela Força Aérea Portuguesa (FAP) e decorrer em Beja, em maio, com a participação de 3.000 militares e mais de 100 aeronaves.

O NATO Tiger Meet 2020, que será “um dos maiores exercícios internacionais alguma vez realizados em Portugal”, vai decorrer entre os dias 10 e 21 de maio, na Base Aérea n.º 11, em Beja, diz a Força Aérea Portuguesa (FAP).

Segundo a FAP, a edição deste ano do exercício, que é realizado anualmente e envolve esquadras de voo de várias nações que têm um tigre (“tiger” em inglês) como símbolo, vai contar com a participação de cerca de 3.000 militares e mais de 100 aeronaves de 22 esquadras de 16 países aliados da NATO.

Entretanto, no dia 17 de maio, durante o NATO Tiger Meet 2020, vai realizar-se, na base aérea de Beja, o festival aéreo comemorativo dos 68 anos da FAP.

Na edição do ano passado do exercício, que decorreu em Mont-de-Marsan, em França, a Esquadra 301 “Jaguares” da FAP e membro oficial da NATO Tiger Association foi “reconhecida como a melhor esquadra de voo” e conquistou o troféu “Silver Tiger” e o prémio “Tiger Spirit”.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.