Herbie Hancock junta-se ao cartaz do festival CoolJazz

Data:

O pianista e compositor norte-americano Herbie Hancock regressa a Portugal este ano para um concerto no festival CoolJazz, em Cascais, a 29 de julho, confirmou a promotora Live Experiences.

O concerto no CoolJazz, segundo a Live Experiences, irá decorrer no Hipódromo Manuel Possolo e os bilhetes estarão à venda a partir desta quarta-feira.

Do trabalho inicial com o trompetista Donald Byrd, à presença nos quartetos decisivos de Miles Davis, nos anos de 1960, das parcerias com Dexter Gordon, Freddie Hubbard, Paul Chambers, Tony Williams ou Billy Higgins, na Blue Note, aos “Head hunters” e ao “funky” dos anos de 1970, do acústico, com ou sem Chick Corea, aos encontros e reencontros com Ron Carter, Wayne Shorter, Wallace Roney ou Jack DeJohnette, que se seguiram, Herbie Hancock soma perto de seis décadas da história do jazz.

Para a 17.ª edição do festival CoolJazz já tinha sido anunciados os concertos de Neneh Cherry e Kokoroko, a 22 de julho, Lionel Richie, a 25 de julho, e John Legend, a 03 de julho, todos no Hipódromo Manuel Possolo.

Fotografia  Herbie Hancock facebook

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.