Gondomar vai triplicar número de agentes da Polícia Municipal “até ao verão”

Data:

A Câmara de Gondomar conta passar “até meio do verão” de nove agentes de Polícia Municipal para 38, de forma a assegurar, entre outros aspetos, 24 horas de serviço desta força policial.

“Estamos na fase de revisão do concurso que foi lançado para mais 29 agentes da Polícia Municipal. A ideia é triplicar o número de forma a melhorar em muito a vigilância e atividades desta força policial no concelho”, indicou Marco Martins em declarações à agência Lusa.

Atualmente em Gondomar, no distrito do Porto, existem nove agentes e o objetivo é passar a 38.

Os novos agentes deverão estar em funções “até meio do verão”, acrescentou o presidente da Câmara de Gondomar.

Marco Martins estima que este concelho passe a gastar cerca de 450 mil euros por ano em salários e fardamento com a Polícia Municipal.

“Em primeiro lugar, com a entrada de novos agentes conseguiremos assegurar 24 horas de serviço. O objetivo também é garantir apoio a outras áreas como a Proteção Civil, entre outras. Somam-se os eventos como desportivos ou procissões por exemplo”, explicou Marco Martins.

O concelho de Gondomar também aceitou a transferência de competências na área do estacionamento, sendo que, de acordo com o autarca, “cabe à Polícia Municipal fiscalizar essa área”.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.