Vila Real replanta árvores no parque da estação afetado pela tempestade

Data:

Em dezembro do ano passado, as tempestades Elsa e Fabien causaram vários estragos em Vila Real, entre os quais a queda de dezenas de árvores de grande porte no parque da Estação.
Ontem a autarquia promoveu uma ação de replantação de 25 árvores no largo da estação ferroviária, “com o propósito de lhe devolver algumas das características que a tornavam um espaço de lazer muito apreciado pelos vila-realenses”, informa a autarquia.
Com esta intervenção o município pretende “garantir as mesmas características deste espaço, como a sombra e o conforto mas igualmente a segurança”, sublinhou Rui Santos, presidnete da Câmara, referindo ainda que, para além destas novas 25 árvores, se espera que “as árvores que foram podadas venham também a recuperar todo o seu esplendor”.
As 25 tílias agora replantadas, nos locais onde outrora estavam as árvores que caíram em dezembro, têm já uma dimensão considerável sendo, por isso, expectável que no verão cumpram um dos seus propósitos que passa por tornar aquela zona aprazível para os utilizadores, nomeadamente para as crianças que frequentam o parque infantil.
No entanto, do lado oposto do parque, “houve uma intervenção e, segundo o presidente, “está-se a apurar se, fruto dessa intervenção, através da compactação de solos ou através do corte de uma ou outra raiz, as árvores ficaram mais fragilizadas” e, assim, “com menos capacidade para resistir à tempestade”.
As obras que decorrem na zona da estação estão inseridas no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), representam um investimento de cerca de um milhão de euros, financiados por fundos comunitários, e visam a requalificação do parque, da área de estacionamento, de todo o espaço pedonal e ainda a construção de um troço da futura rede ciclável da cidade.
A intervenção nesta zona deverá estar concluída em outubro e, segundo Rui Santos, esta obra será complementar a uma outra a desenvolver no campus da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), no valor de três milhões de euros, que está à espera de visto do Tribunal de Contas e está também inserida no PEDU.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.