Chocolateiro português na Suíça cria escultura em tamanho real de Cristiano Ronaldo 

Data:

O chocolateiro português mais medalhado a nível mundial, Jorge Cardoso, criou aquela que é a primeira escultura em tamanho real do futebolista internacional português Cristiano Ronaldo, uma peça com 1,87 metros e 120 quilos.
Jorge Cardoso, natural de Ovar, vive na Suíça há 12 anos. Quando chegou, com 17 anos, formou-se em cozinha, pastelaria e padaria, mas foi no mundo do chocolate que encontrou a sua verdadeira paixão.
Hoje, é mestre chocolateiro numa casa de referência no mundo da pastelaria tradicional e confeção de chocolate na Suíça francesa.
Em 2018, o ovarense sagrou-se campeão do mundo em Escultura Artística em Chocolate, no “Culinary World Cup”, no Luxemburgo.
Recentemente, o mestre chocolateiro lançou-se num desafio que, pelo que relatou à Lusa, não terá sido uma estreia. Jorge Cardoso decidiu criar a figura de Cristiano Ronaldo, em tamanho real, para homenagear o seu ídolo.
Já tinha tentado fazer uma primeira escultura, há cerca de 7 anos, mas nada que possa comparar com esta peça, porque era apenas um busto.
“Após estes anos de experiência, queria voltar a tentar para conseguir fazer uma peça de maior qualidade e mais realista”, disse o chocolateiro.
A escultura do internacional português demorou cerca de dois meses a ser feita e, segundo o mestre chocolateiro, significou “muitas horas de trabalho e de organização”.
“Esta escultura foi realizada fora das minhas horas de trabalho. É um projeto pessoal que queria muito realizar. Estudei tudo ao pormenor: o peso, o eixo e a altura. Tudo para que se tornasse o mais realista possível”, disse.
O trabalho pesa cerca de 120 quilos, 1,87 metros de altura e consumiu a Jorge Cardoso cerca de 200 horas de trabalho.
“Escolhi elaborar a estátua do Cristiano Ronaldo porque, para além de ser português, sou fã dele. Se ele conseguiu chegar à posição onde se encontra hoje foi graças a todo o trabalho, esforço e dedicação, e nesse aspeto, revejo-me na história dele”, comentou.
De acordo com o chocolateiro, o maior desafio na elaboração da peça foi a construção do rosto.
“O rosto exigiu muita minúcia, concentração e um grande estudo para conseguir o realismo que procurava”, acrescentou.
A obra-prima está a poucos dias de ser concluída, segundo o chocolateiro, faltam apenas alguns pormenores, tais como os pormenores das chuteiras e os logotipos da seleção nacional portuguesa no equipamento.
“Optei por deixar a escultura na sua cor natural porque quis respeitar e privilegiar a matéria-prima: o chocolate. Quero mostrar às pessoas o que é possível fazer com o chocolate”, afirmou.
A escultura será exibida em Giviziez, a partir do dia 5 de fevereiro, durante duas semanas, no cantão de Friburgo, numa das lojas da empresa para a qual trabalha, e seguirá rumo a Portugal a tempo de uma das celebrações mais emblemáticas da cidade de Ovar, o Carnaval de Ovar.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.