Secular Feira de São Matias regressa dia 14 de fevereiro

Data:

A tradicional Feira de São Matias vai animar o espaço do Aquapolis, nas margens ribeirinhas do Tejo, em Rossio ao Sul do Tejo, no concelho de Abrantes, entre 14 de fevereiro e 08 de março, anunciou o município.
Carrosséis e outros divertimentos, espaços com jogos eletrónicos, barracas de quinquilharia, exposição e venda de viaturas e de alfaias agrícolas, bares, rulotes de farturas, pipocas e algodão doce são algumas das atrações do secular certame.
A Feira de São Matias, que remonta ao século XIII, é uma organização da Câmara Municipal de Abrantes, sendo considerada um dos ex-líbris culturais do concelho e motivo de atração e desenvolvimento local.
Em comunicado, a Câmara de Abrantes dá conta que “decidiu manter em definitivo em Rossio ao Sul do Tejo a Feira de São Matias”, enquanto o Vale da Fontinha, para onde estava previsto mudar-se a feira, manterá o seu objetivo inicial de funcionar como bolsa de estacionamento com mais de 300 lugares e parque de feiras e eventos, passando a receber o Mercado Semanal e a Feira Grossista todas as segundas-feiras do mês.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.