Um golo do “outro mundo”. De Cristiano Ronaldo pois claro

Data:

O craque português fez o 2-1, depois de um cruzamento de Alex Sandro, num golo que está a dar que falar pelo salto incrível de CR7 antes de cabecear e fazer golo.

Juventus ganhou hoje à Sampdoria (2-1), descolando do Inter Milão no topo da Liga italiana.

O argentino Paulo Dybala apontou o primeiro tento da partida, da 17.ª jornada da Serie A, aos 19 minutos, com um remate forte e cruzado, após assistência do brasileiro Alex Sandro (ex-FC Porto), e o mesmo Alex Sandro assistiu Ronaldo para o segundo da Juventus, em cima do minuto 45.

Dez minutos antes de o capitão da seleção portuguesa ter subido às alturas para marcar de cabeça, a Sampdoria tinha chegado ao empate por intermédio de Gianluca Caprari, avançado italiano de 26 anos.

Com os três pontos arrecadados, a Juventus está provisoriamente na liderança isolada do campeonato transalpino, com 42 pontos em 17 jogos, podendo vir a ser apanhada pelo Inter Milão (39 pontos em 16 jornadas), que recebe no sábado o Génova.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.