Carole Costa confia num “bom apuramento” de Portugal para o Europeu2021

Data:

A internacional portuguesa Carole Costa vincou a sua confiança numa boa campanha da seleção de futebol feminino na fase de qualificação para o Europeu2021, em Inglaterra, cujo arranque será feito na sexta-feira contra a Albânia.

A jogadora do Sporting, de 29 anos, é uma das mais experientes do grupo comandado pelo selecionador Francisco Neto, somando já 112 internacionalizações com a camisola das ‘quinas’ e tendo estado presente no Europeu de 2017, à semelhança de outras 17 colegas das 23 convocadas pelo técnico. Por conseguinte, a “união” do grupo foi um dos aspetos mais valorizados pela defesa para “fazer a diferença” no sonho de regressar a uma fase final.

“Somos jogadoras que já estamos aqui há algum tempo e isso acaba por ajudar, porque já nos conhecemos melhor. Os processos que já temos adquiridos vão ajudar futuramente, mas quem chegar vai acrescentar. Por isso, acho que vamos fazer um bom apuramento”, afirmou, assegurando uma equipa “motivada” para vencer a congénere albanesa.

Portugal está integrado no grupo E, ao lado de Albânia, Escócia, Finlândia e Chipre, e é mesmo a última seleção a entrar em campo, depois de os outros adversários já terem jogado. As seleções finlandesa e escocesa confirmaram o seu poderio e entraram a ganhar na fase de qualificação, mas Carole Costa rejeitou uma pressão adicional para Portugal.

“Acho que não partimos de trás. Já sabemos o resultado delas e é bom saber os resultados com antecedência. Mas isso não vai mudar nada, o nosso jogo vai continuar a ser com a Albânia, por isso só temos de lutar para trazer os primeiros três pontos”, declarou.

Após o não apuramento da seleção nacional para o recente Campeonato do Mundo, disputado este verão em França, Carole Costa viu também à distância – devido a lesão – as suas colegas medirem forças em dois recentes jogos particulares com as campeãs do Mundo. Questionada sobre os duelos com os Estados Unidos, a internacional lusa considerou que as derrotas (4-0 e 3-0) apontam também uma rota de evolução e crescimento para a equipa.

“É sempre bom jogar contra as melhores. Não estive presente, mas acompanhei de longe. Penso que o caminho é este: temos de jogar contra as melhores para um dia chegar perto ou até às melhores do mundo”, frisou, deixando uma garantia: “É importante estar de volta. É claro que as lesões são sempre difíceis, mas já estou a cem por cento e só quero ajudar a Seleção a cumprir os seus objetivos”.

A estreia da seleção nacional de futebol feminino frente à Albânia na fase de qualificação para o Campeonato da Europa de 2021 está marcada para sexta-feira, às 17:00 (hora em Prtugal continental), em Elbasan (Albânia).

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.